As mulheres deveriam pagar mais por produtos iguais?

As mulheres deveriam pagar mais por produtos iguais?

Por: Juliana Elias 4.069 views

Rede de supermercados britânica reduz preço de lâmina de barbear feminina depois de acusações de que produtos custam mais caro para mulheres que para homens

Há uma briga aquecida correndo no Reino Unido sobre a possível existência de sexismo na marcação de preços de diversos produtos do varejo. De tênis a brinquedos, as redes estariam cobrando mais caro pelas versões femininas do que pelas tradicionais ou masculinas, mesmo que a diferença seja apenas de cor ou estampa.

O passo mais recente da queda de braço foi dado pela Tesco, umas das maiores redes de supermercados do país, que anunciou no início deste mês um corte no preço de suas lâminas de barbear femininas. Segundo o jornal The Guardian, o pacote com cinco barbeadores tradicional custa 50 centavos de libra, enquanto o mesmo pacote, mas com aparelhos cor de rosa, saía por 1 libra, o dobro.

Em comunicado, o diretor de produtos empacotados da Tesco, Kari Daniels, informou que os valores são resultado da diferença de volumes, já que os barbeadores masculinos são vendidos em quantidade maior, mas que ainda assim decidiram pelo alinhamento dos preços.

“Após uma revisão e discussão com nossos fornecedores, decidimos responder às preocupações acerca da diferença de preço enter nossos barbeadores de duas lâminas feminino and masculino, em linha com nosso compromisso de assegurar preços baixos, simples e acessíveis”, disse.

Sobre-preço para mulheres
A atitude da Tesco foi mais um passo numa discussão que se iniciou no país há pouco mais de um ano, quando o jornal The Times fez um levantamento mostrando que as mulheres pagavam, em média, 37% mais pelos mesmo produtos que os homens. A pesquisa verificou o preço de uma centena de itens em diversas lojas e anunciantes.

A reportagem verificou, por exemplo, que uma regata de algodão feminina na rede de roupas M&S custava £ 6, enquanto a masculina cobrava £ 12,50 por um pacote de três. Uma bicicleta infantil da marca Kurve, encontrada por £ 49,99 para meninos, era vendida por £ 59,99 em sua versão florida, na mesma loja.

O perfume Black Orchid, da Tom Ford, que era vendido no site de marcas de luxos Mr Porter  por £64, na Net-a-Porter foi encontrado por £75 – mesmo o perfume sendo igual e as duas lojas também. A diferença é que o primeiro é o site voltado para o público masculino e, o outro, para o feminino. As lâminas de barbear foram justamente o produto com maior diferença de preço, com variações que chegavam ao dobro.

(Reprodução)
Bicicleta da Kurve preta foi encontrada por £ 49,99 e a florida por £ 59,99 (Reprodução)

Em fevereiro, a rede de farmácias Boost já havia anunciado a revisão dos preços de suas giletes e também de um creme para olhos. O pacote de lâminas para mulheres tinha oito unidades e custava £ 2,29, enquanto o de homens vinha com dez  e custava £ 1,49. O creme de olhos caía de £ 9,99 para £ 7,29 de uma versão para a outra.

A decisão foi uma resposta a uma petição online feita no site Change.org entitulada “Boots – reveja os preços sexistas de produtos cotidianos”, e teve 44 mil assinatura.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.