Seguro de vida na conta de luz? Você pagou e nem percebeu

Seguro de vida na conta de luz? Você pagou e nem percebeu

Por: Ivan Ventura 2.489 views

O Procon-SP enviou alerta contra a cobrança de seguro de vida (ou odontológico) incluído na conta de luz. Talvez isso já tenha ocorrido com você. Notou?

Você já deu boa olhada na sua conta de eletricidade? Já reparou que em um dos campos do boleto há uma cobrança referente a um seguro, normalmente odontológico ou de vida? Saiba que ela é indevida e talvez você nunca tenha percebido.

O alerta foi feito pelo Procon de São Paulo, que recentemente iniciou uma campanha contra esse tipo de cobrança. De acordo com o órgão de defesa do consumidor, os tais serviços securitários ocorrem e não são raros. Normalmente, a AES Eletropaulo inclui na conta um seguro de vida ou odontológico. “O consumidor deve ficar atento a fatura e, caso exista a cobrança indevida de algum seguro deve reclamar imediatamente junto a concessionária de energia, e, também, no Procon pleiteando a suspensão da cobrança indevida e a devolução dos valores”, afirma o chefe de gabinete do Procon-SP Carlos Alberto Estracine.

O Procon-SP orienta aos consumidores a sempre conferirem atentamente o descritivo de todas as cobranças e faturas mensais. Caso exista algum valor ou código não identificado ele deverá procurar pela empresa e esclarecer o motivo desta cobrança e, também, se procedente se o valor é o correto. Havendo erro ele deverá formalizar reclamação junto a empresa e anotar protocolo. Se não for atendido deverá reclamar no Procon.

Cobrança Indevida

Caso o consumidor já tenha pago algum seguro não solicitado, seja de vida, saúde ou odontológico ele tem direito de receber o valor de volta. “Outra orientação importante é que, caso já tenha pago a fatura o consumidor deverá solicitar a devolução em dobro dos valores cobrados indevidamente, isso acrescido de juros e correção monetária. E, ainda, sem prejuízos, ingressar com ação na Justiça pleiteando danos morais e materiais”, esclarece Estracine.

A denúncia contra esse tipo de cobrança pode ser feita no site no Procon. Acesse o link AQUI.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.