O desdém da Netflix para Michel Temer - Consumidor Moderno

O desdém da Netflix para Michel Temer

Por: Ivan Ventura 75.297 views

No fim do ano passado, o presidente Michel Temer sancionou a lei que inclui as empresas OTTs (Netflix, por exemplo) no rol de pagadores do ISS. Veja qual foi a resposta da empresa

Lembra da história de inclusão do Netflix na lista de pagadores do ISS (Imposto sobre Serviços)? Ao que tudo indica, a empresa deu de ombros para o assunto.

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, o CEO da empresa, Reed Hastings, afirmou que a empresa não irá aumentar o preço do serviço para o consumidor brasileiro – o que contraria a expectativa do mercado, que acreditava que os valores subiriam em função da inclusão da companhia no rol de pagadores do tributo. “Nós vamos pagar (o ISS). Ele não será repassado aos nossos clientes. Estamos no Brasil há cinco anos e pagamos os tributos. Faremos o mesmo. Não haverá aumento na mensalidade”, explicou ao jornal.

O novo imposto é chamado de ISS (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) e faz parte da lei 157/16. Ele foi sancionado no final do ano passado e passa a taxar em 2% serviços de transmissão de vídeos e áudio – o Spotify e outros serviços de reprodução de músicas pela internet também foram afetados.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.