Em dívida com a empresa - Consumidor Moderno

Em dívida com a empresa

Por: Editor CM 392 views

Levantamento feito pela consultoria Blue Numbers mostrou o desperdício de tempo de um funcionário endividado para a empresa. Confira

Não é preciso dizer que dívidas tiram o sono de muita gente. Afinal, são contas que não acabam mais: tem o financiamento do imóvel ou do carro, a escola do filho, impostos, entre outros gastos. Mas será que não estamos pensando demais nesse assunto ao longo do dia?

Um levantamento feito pela Blue Numbers, consultoria empresarial especializada em Pequenas e Médias Empresas (PME), afirma que profissionais endividados chegam a perder até uma hora por dia em troca de e-mails ou telefonemas na tentativa de solucionar esse tipo de problema. E isso sem contar a falta de concentração no próprio trabalho.

“Nesse grupo de negativados, temos tanto pessoas desempregadas quanto ainda em atividade. E o que mais tira a tranquilidade de uma pessoa são casos de doença e problemas financeiros”, explica Márcio Iavelberg, sócio-diretor da Blue Numbers.

Para o especialista em gestão de pequenas e médias empresas, alguém angustiado por não conseguir pagar uma conta, com crédito bloqueado no banco, cheques sendo devolvidos ou, ainda, pessoas telefonando para cobrar dívidas, tomam um tempo precioso e que o profissional acaba tendo que resolver em dia útil e horário comercial. Seja faltando no serviço para resolver essas questões, seja pensando o dia todo e tentando administrar tudo isso, para o especialista a produtividade do profissional cai e muito.

Do ponto de vista da empresa, isso representa 12,5% a menos de tempo útil de trabalho, além da qualidade inferior das outras horas trabalhadas. “Quando a empresa é mais rígida com acesso a telefone e internet, a pessoa acaba usando o tempo de almoço para escapar no banco, por exemplo, debilitando o corpo e mente para o trabalho do turno vespertino”, explica Iavelberg.

Time endividado

No caso de pequenas e médias empresas, se 20% dos funcionários estiverem com problemas e eles gastarem 1 hora por dia para resolvê-los, a empresa perderá 2,5% de sua capacidade produtiva. Isto, sem considerar a perda pela falta de concentração deles nas horas trabalhadas. Em outras palavras, de cada 40 funcionários, 1 não estaria trabalhando, apesar de receber.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.