Infográfico: quantas ligações indesejadas o brasileiro recebe por mês?

Infográfico: quantas ligações indesejadas o brasileiro recebe por mês?

Por: Melissa Lulio 648 views

Uma análise feita pelo Truecaller revela quais são os países que recebem mais ligações indesejadas - e o Brasil está em segundo lugar

Você conhece alguém que goste de receber ligações no sábado de manhã? A menos que seja o/a #mozão ligando – e mesmo que seja ele/ela, em muitos casos – é difícil ficar feliz quando o telefone toca às 9h da manhã em um dia de descanso. Uma ligação não desejada empresa, costuma ser chamada de “spam” – e esses contatos costumam ser bem desagradáveis.

O aplicativo de comunicação Truecaller apresentou o relatório “Truecaller Insights: Top 20 de Países Afetados por Chamadas Spam em 2017”, com dados sobre os países que são mais afetados pelas chamadas de spam, e comprovou que ligações indesejadas e não solicitadas estão em ascensão em todo o mundo.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

No Brasil, porém, o cenário é ainda mais “especial”: os brasileiros estão bem acostumados com esse tipo de contato. E isso foi comprovado cientificamente. Segundo os dados da empresa, estamos em segundo lugar neste tipo de situação – ao lado dos Estados Unidos. E isso expõe uma dura verdade: o brasileiro recebe, em média, 20,7 ligações spam por mês.

 

Crédito: Melissa Lulio

 

Um olhar mais atento ao Brasil

No Brasil, quem mais realiza chamadas spam é o setor de telefonia – o segmento lidera em 33%. Normalmente, essas empresas procuram oferecer ofertas especiais de uso de dados ou chamadas ilimitadas. Em segundo lugar na lista de maiores “spammers” do Brasil estão os cobradores de dívidas, que compõem 24% da lista.

Outro grande problema que os brasileiros enfrentam são as chamadas inoportunas, que representam 21%. Estas são geralmente as chamadas não desejadas e não solicitadas que se tornam uma perturbação aos usuários, ou até trotes e, na pior das hipóteses, assédio e falso sequestro.

Há como combater?

Desde abril de 2009, no Estado de São Paulo, é possível cadastrar o telefone (fixo ou móvel) para não receber ligações telefônicas de ofertas de produtos e serviços. O cadastro é feito no site do Procon e, após 30 dias, o usuário só pode receber chamadas de entidades filantrópicas, empresas de cobrança ou as que tenham sua autorização por escrito, além de pessoas físicas.

Aqueles que desrespeitarem a Lei 13.226/08, de Bloqueio do Recebimento de Ligações de Telemarketing, podem ter de pagar multa. Outros estados possuem normas semelhantes.

 

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.