Onde estão os heróis da vida real?

Onde estão os heróis da vida real?

Por: Tathiane Deândhela 1.659 views

"Mesmo com bons exemplos de heróis bombando no cinema e na TV, algo me chamou a atenção: onde estão os heróis da vida real?"

Um super-herói deve possuir as seguintes características: ser ético, justo, leal, inteligente e, acima de tudo, bondoso. Uma super força e um uniforme estiloso são elementos opcionais para construir um personagem de sucesso. Mulher-Maravilha, Xena, Super Girl, Hércules, Liga da Justiça, X-Men… são tantos os heróis no cinema e na TV hoje em dia, que a gente até se perde com tantas referências. Mesmo com todos esses bons exemplos bombando em todas as mídias possíveis, algo me chamou a atenção: onde estão os heróis da vida real?

A velocidade com que a vida passa é algo admirável, segundo após segundo, escorrendo por entre nossos dedos, como a areia de uma ampulheta que escoa naturalmente. E é dessa percepção que vem a consciência de que o eterno é um nome grandioso que não se refere a nada. Somos seres imperfeitos. Nascemos com a certeza da morte, sempre assombrados pelas constantes ameaças à nossa fragilidade humana.

Ao pensar nessas coisas, as pessoas tendem a ficar deprimidas. Afinal, ninguém quer morrer. Mas o motivo pelo qual toquei no assunto foi para lembrá-lo dos motivos pelos quais você deve ser estar satisfeito com a sua vida.

Confira a edição digital da revista Consumidor Moderno!

Por alguns instantes, olhe ao seu redor e viva as coisas. Por exemplo: perceba as vozes, as máquinas, os passos, os carros lá fora, os pássaros. Sinta o cheiro do café recém passado. Perceba nitidamente como cada um de seus sentidos responde aos pequenos estímulos que a vida te dá todos os dias.

Ao compreender que cada um desses detalhes faz parte não somente da sua rotina, mas também de toda a sua existência enquanto ser vivo, você terá consciência de quão maravilhosa a vida é.

Nesses momentos, você ampliará seus “poderes” e perceberá o ambiente melhor que qualquer super-herói. Se prestar atenção aos detalhes de forma correta, logo estará tão apto a “salvar” aqueles que estão à sua volta quanto qualquer personagem da Marvel, da DC ou de algum livro de aventura. A diferença é que os momentos de vida ou morte não serão definidos por vilões vestidos em fantasias.

Os vilões da vida real são mais sutis. Eles roubam a vida das mais variadas formas e se manifestam sob as mais diversas facetas. A decepção, o medo, a insegurança, a indisciplina. A raiva. A depressão. A angústia. Todos os sentimentos possíveis, que nutrimos sem perceber. Somos, muitas vezes, os vilões que causam o desespero alheio, mesmo que não sejamos capazes de entender esse fato.

Somos, também, os super-heróis de algumas pessoas. Podemos demonstrar bravura, compreensão, afeto e ternura mesmo nos momentos mais estranhos. Um sorriso, um bom dia, um aperto de mão. Atitudes tão naturais que podem salvar uma vida.

Compreenda o ambiente ao seu redor. Viva com a consciência de que cada instante é precioso. E mostre às pessoas que você ama como fazê-lo também. Salve a vida deles ao mostrar como não deixar que o tempo se vá sem que percebam.

Nós morremos lentamente: uma célula por vez. Só que nós também vivemos lentamente: uma memória por instante, uma respiração por segundo, um sorriso por momento.

Seja o super-herói que as pessoas ao seu redor precisam.

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.