Youse quer dobrar o número de vendas em 2018 - Consumidor Moderno

Youse quer dobrar o número de vendas em 2018

Por: Galeno Lima 1.424 views

Em seu segundo encontro anual, seguradora digital foca na felicidade da equipe de colaboradores e no bom atendimento ao cliente

youse

Em seu evento de final de ano, a Youse – companhia digital criada pela Caixa Seguradora – reuniu os colaboradores em um galpão, no bairro da Barra Funda, em São Paulo, para participar de uma série de workshops e discutir os resultados do ano que passou e os planos para 2018, que incluem dobrar o número de apólices vendidas. O clima entre os atendentes, funcionários de duas empresas terceirizadas, era de descontração e alegria e não por acaso. Os cinco workshops foram pensados e desenhados com este fim, intimista, convidando cada um a refletir sobre suas práticas profissionais e prioridades de vida.

Cada um deles tinha duração de uma hora e meia, cronometrada. Isso porque o galpão foi dividido em cinco espaços, uma para cada palestrante. Quem comandava um dos palcos era o carioca Pedrinho Salomão, famoso por defender a gestão com foco na felicidade dos funcionários. Ele é administrador e fundador da Rádio Ibiza, empresa especializada em trilhas sonoras personalizadas, que foi criada em 2006 e atingiu o primeiro milhão no primeiro ano de vida.

Confira a edição online da revista Consumidor Moderno!

Em uma apresentação empolgante, Salomão compartilhou seus ideais com os presentes. “O importante é jogar todo o amor na oportunidade que a vida te der”, disse ele, a uma platéia que o acompanhava com um brilho no olhar, formada em sua maioria por millennials. Para ele, a definição de sucesso é a felicidade – que, claro, não pode prescindir de um bom convívio familiar – e não apenas a realização profissional.

“O importante é que você pense: ‘vou transformar a minha vida em algo incrível'”, diz ele, citando o gari Renato Sorriso, que ficou famoso por dançar descontraidamente atrás dos blocos de carnaval em 1997. Há até um projeto de captação aprovado para transformar sua história em filme.

Além da sabedoria, Salomão tem o dom da oratória: consegue transformar um assunto que facilmente seria piegas, como um livro de auto-ajuda, em algo instigante, de modo que as pessoas se identificam com ele rapidamente. Um exemplo claro disso se dá quando ele fala sobre a oposição entre genialidade e sensibilidade. Em casa, se sentia inadequado em meio às irmãs, médicas. Aos poucos, foi percebendo que embora não fosse tão “gênio” quanto elas, seu talento estava na sensibilidade e na empatia com as pessoas.

Tempo é o maior recurso

“A maior caridade que você pode dar a alguém e o tempo, e o maior ativo é o ser humano”, defende. Sua linha de pensamento é simples: funcionários bem tratados e felizes vão tratar os clientes bem, o que vai repercutir no negócio, em um ciclo virtuoso. Toda empresa precisa encantar os clientes, para garantir a fidelidade deles, mas entre os valores da Youse, essa filosofia tem destaque.

Em apresentação aos colaboradores, Luciana da Mata, head de atendimento da empresa, define isso como uma atitude de “proteção pelo bem-estar”. Segundo ela, o comportamento é tratar o cliente como se ele fosse uma pessoa da sua família, tomando os problemas dele para si. É isso que a empresa incentiva e espera de sua equipe de atendimento. Pode parecer difícil, mas é algo que já foi alcançado desde que a empresa  surgiu, há um ano e meio. Uma cliente, se sentiu tão bem atendida em um momento delicado, que fez questão de procurar pessoalmente a empresa e presentear a pessoa que a ajudou. A história tornou-se um case de sucesso da área.

Esse foi o segundo encontro anual da empresa, batizado de Expo SensacioNOW. Um dos palcos trouxe uma atividade de descontração: um desafio de improvisação, em que os atendentes tinham que conversar com o cliente sem mencionar as palavras “não” ou “cancelamento”. Outro trouxe uma reprodução do espaço em que se reúnem os “squads” da empresa, para explicar mais detalhes sobre o seguro de carro, produto mais vendido, e os problemas atuais, como a demora para pagar o sinistro.

 

 

Carregando...

Carregando... por favor, aguarde.