Unilever inaugura nova sede em São Paulo. Conheça

Localizada no bairro do Brooklin, a sede conta com cozinha experimental, creche, garagem de inovação e espaços para trabalho colaborativo

Por: - 7 dias atrás

Prestes a completar 90 anos no Brasil, a Unilever – gigante do setor de bens de consumo e dona de marcas como Comfort, Dove, Hellmann’s, Kibon e OMO – acaba de inaugurar sua nova sede no bairro do Brooklin, em São Paulo. Com nove andares distribuídos em 13 mil m², o projeto tem capacidade para acomodar até 1.500 pessoas, mas nem todos os lugares são fixos. Portanto, é comum que os colaboradores deixem seus pertences em armários espalhadas pelos andarem e transitem entre as estações de trabalho.

Para incentivar a colaboração entre as equipes, os espaços se transformam conforme diferentes necessidades e ocasiões. Há desde squads desenhados para receber equipes multidisciplinares a cabines telefônicas para ligações e tarefas que exijam mais foco e privacidade.

“A nova sede traz um ambiente diverso, plural, desenhado para fomentar a comunicação entre equipes e áreas, com espaços abertos que estimulam a co-criação e a pluralidade”, diz Eduardo Campanella, vice-presidente de Marketing de cuidados com a casa da Unilever Brasil.

As salas de reunião são equipadas com telas interativas, sistema de vídeo conferência e plataforma de agendamento por meio de uma mini tela instalada na entrada de cada ambiente. Nas mesas, nada de fios (o escritório é 100% cable free), tampouco telefones físicos, uma vez que toda a comunicação é feita via Skype for business.
“O uso de recursos tecnológicos foi crucial na nova sede ao viabilizar novas formas de trabalho, facilitar a comunicação, agilizar a organização do dia a dia, fomentar a co-criação e a criatividade e possibilitar o contato mais próximo com times de todo mundo”, explica Campanella.

10 mil euros por ideia

Um dos destaques da nova sede é a recém-inaugurada “garagem de inovação”, um espaço onde os colaboradores podem testar tecnologias como impressão 3D, realidade virtual e inteligência artificial. Tudo isso, para estimular o mindset de experimentação.

O Brasil replica um programa global de micro-funding da Unilever chamado “Digifund”. Criado para encorajar os colaboradores a inovar, ele incentiva que os colaboradores enviarem um vídeo com uma ideia que possa ser aplicada dentro da empresa. Caso a ideia seja aprovada por um comitê da companhia, 10 mil euros são liberados para que ela seja testada.