A obra mais conhecida de Salvador Dalí: o logo da Chupa Chups

A versão de Dalí magistralmente integrou o design do logotipo dentro da margarida, logomarca que pouco mudou desde sua criação

Salvador Dalí, o surrealista conhecido por seu bigode pontudo e obras com relógios que derretem também é o designer por trás da logomarca da Chupa Chups, marca mundialmente conhecida de pirulitos.

O pirulito catalão apareceu pela primeira vez em 1958, quando o fundador da empresa, Enric Bernat teve a idéia de colocar um bombom em uma vara. Ele colocou no produto o nome de “GOL”, imaginando o doce como uma bola de futebol e a boca aberta como uma rede. Mas a novidade não emplacou. Foi quando Bernat contratou uma agência de publicidade que renomeou seu produto “Chupa Chups”. Tudo o que restava era a marca. Em 1969, Bernat reclamou sobre o ocorrido enquanto tomava café com seu amigo artista – ninguém menos que Salvador Dalí.

Segundo a lenda, o pintor começou a trabalhar imediatamente, rabiscando em jornais que estavam por perto. A versão de Dalí magistralmente integrou o design do logotipo dentro da margarida ? que pouco mudou desde então. Phaidon, publisher britânico de livros sobre artes visuais, aponta um recurso sutil, mas extremamente inteligente do desenho:

?Bem cientes de apresentação, Dalí insistiu que o seu design fosse colocado na parte superior do pirulito, em vez de colocá-lo ao lado, de modo que pode sempre ser visto intacto. Ele provou ser uma das peças mais marcantes de branding conhecidas e um que é usada ainda hoje, quatro bilhões de vendas mais tarde?, diz.

 

Mas o que faria o famoso artista aceitar tal projeto? Dinero! O pintor raramente falava não para um trabalho, o que fez com que o também surrealista poeta André Breton o apelidasse  “Avida Dollars”, ávido por dinheiro e também um anagrama do nome de Dalí.

* Com informações do Fast Company

 

Leia mais:

Rolls-Royce revela primeiro motor a jato do mundo feito de Lego

Designer vence prêmio com óculos para estudantes de baixa renda

Embalagens divertidas aliam funcionalidade e design
 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS