As marcas de chocolate mais lembradas pelos internautas

O assunto é tema do estudo da E.life, que reuniu e analisou 111,5 mil posts e 82.120 internautas. Os depoimentos estão ligados ao desejo de comprar ou ser presenteado

Ovo de páscoa não é tudo igual. Hoje o mercado oferece ovo recheado, ovo que dá prêmio, ovo com brinquedo, ovo para quem não pode engordar, até ovo que não é ovo. E sobre esse universo vasto dos chocolates de páscoa a E.life realizou uma pesquisa com a opinião dos internautas sobre as marcas disponíveis e quais são os mais citados – para o bem e para o mal.

O assunto é tema do estudo da E.life, que reuniu e analisou 111,5 mil posts e 82.120 internautas, no período de 26 de março a 08 de abril de 2014. Os ovos de Páscoa se destacaram no boca a boca sobre chocolate durante o período monitorado, com 91,7% dos depoimentos. As barras de chocolate foram citadas em 9,9% e 2,1% dos posts comparavam os dois produtos. Já com relação ao perfil dos internautas, 69% são mulheres e 31% são homens. A região sudeste representa 55% desse público.
 
Segundo a E.life, os depoimentos estão ligados ao desejo de comprar ou ser presenteado. Eles utilizam as redes para informar o que gostariam de receber, colocando a sugestão de presente, e muitas vezes fazendo brincadeiras com seus seguidores.

Palavras mais citadas


 
Os internautas também usaram o Twitter para anunciar o que compraram para a Páscoa e para reclamar sobre os preços.

No estudo desse ano, por exemplo, assim como já tinha sido observado pela E.life em 2013, o maior número de retuites

está relacionado aos preços – geralmente com críticas ao valor cobrado. O número de consumidores que sugere o

boicote aos ovos em favor das barras de chocolate, mais baratas, continuou expressivo. Esse ano, porém, a maioria defendeu que o ovo deve custar mais caro, criticou o movimento e taxou de chatos os que compararam os dois itens.

O que se fala sobre as marcas e número de citações

Cacau Show – O ovo trufado é o mais lembrado pelos internautas, sobretudo nas versões maracujá e brigadeiro.
 
Ferrero – O ovo da Ferrero Rocher foi o mais comentado pelos internautas, seguido pelo Kinder.
 
Lacta – A presença da Lacta como terceira marca mais comentada se deve à ação do Procon RJ que recolheu das prateleiras o ovo Bis Xtra por conter a frase “personalize a embalagem com adesivos e sacaneie seu amigo”. O produto foi acusado de promover o bullying. Dias depois, a empresa entrou em acordo com a Secretaria de Estado de Proteção e Defesa do Consumidor, que autorizou a venda. As barras de chocolate da marca também foram lembradas pelos internautas.
 
Nestlé – O tema de maior destaque foi o pronunciamento da marca a respeito da diferença de preços entre ovos de páscoa e barras de chocolate. Um consumidor fez um post no Facebook comparando o preço do ovo de Páscoa Alpino com o da barra do mesmo chocolate, e a Nestlé decidiu se defender. A empresa explicou, em nota, que fatores como mão de obra, embalagem, transporte especial e armazenamento justificam o preço mais caro do ovo.
 
Garoto –
Internautas criaram uma petição no site Change.org solicitando a criação de um ovo de páscoa do personagem Harry Potter. As barras de chocolate da marca também são lembradas pelo público, muitas vezes como opção aos ovos de páscoa.


Leia mais:

Alta do cacau puxa preço dos ovos de Páscoa

Brasileiro quer sustentabilidade e transparência das empresas

Conheça as dez empresas mais amadas no Facebook
 
 

 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS