Claro relança serviço para armazenamento de dados na nuvem

Pacote pioneiro em mobile na América Latina, lançado em 2013, foi repaginado e conta com novas funcionalidades para atender à nova demanda de usuários da nuvem

Por: - 49 anos atrás

A Claro relançou o serviço Clarosync para os usuários do armazenamento de dados na nuvem. A ferramenta, lançada em 2013 e pioneira no mercado brasileiro e para telefonia móvel na América Latina

“O nosso negócio é fundamentado na praticidade que a mobilidade traz ao usuário de internet móvel. Por isso, reconhecemos a importância de armazenar, em um local seguro, os arquivos pessoais e poder acessa-los a qualquer hora e lugar, diz Alexandre Olivari”, diretor de SVA da Claro.
 
O serviço permanece com as funcionalidades iniciais, como o armazenamento de arquivos e pastas em espaço virtual como, fotos vídeos, músicas, e documentos; a sincronização com outros dispositivos; recuperação e atualização de arquivos remotamente e o compartilhamento deles via email, links ou redes sociais.
 
O pacote inicial de 5GB é gratuito, mas existem ainda ofertas de 10GB por R$4,90; 30GB por R$7,90, 60GB por R$16,90 e 100GB por R$26,90. Para informações e contratação, o cliente poderá acessar o site www.clarosync.com ou, ainda, pelo aplicativo para celulares com sistemas operacionais Android e iOS.