Conheça os cinco maiores CEOs do ano de 2014

O que faz um grande CEO? Conheça as melhores práticas dos maiores do mundo e os motivos que os colocaram no topo da lista 

Parece que a Apple voltou a ser a menina dos olhos de Wall Street, especialmente pela histórica subida das ações da empresa na bolsa de valores (40% de alta), além do sucesso com as vendas dos recém lançados iPhone 6 e 6 Plus.

1. Tim Cook – Apple

141217144445-best-ceos-tim-cook-620xb

Esses foram alguns dos motivos que fizeram de Tim Cook o CEO do ano de 2014, segundo o site CNN Money.

O lançamento da plataforma de pagamentos Apple Pay, que gerou também inúmeras parcerias com companhias de grande porte como Subway, McDonald?s, Nike, entre outras. A CNN Money também ressaltou o desafio constante de comandar a empresa fundada por Steve Jobs: “Cook tem o que pode ser considerado o emprego de CEO mais difícil da América”.

 

2. John Chen – Blackberry

141217141654-best-ceos-john-chen-620xb

Parece loucura, mas John Chen tem a maior parte do crédito pela sobrevivência da Blackberry, que conseguiu mudar o foco da empresa para softwares, em vez de tentar abocanhar novamente a já dominada fatia do mercado de smartphones.

As ações da Blackberry subiram 35% em 2014 e os investidores não se preocupam mais com a falência ou necessidade de aquisição para sua sobrevivência.

3. Satya Nadella – Microsoft

141217144441-best-ceos-satya-nadella-620xb

O novo CEO da Microsoft (MSFT, Tech30) Satya Nadella mostrou a Wall Street que, embora fosse uma “cria” da empresa, ele era a pessoa certa para o trabalho.

As ações subiram em 26% e os investidores aplaudiram as estratégias de nuvem e mobile da Nadella. Mas o comentário fatal de Nadella sobre as mulheres pode ter ofuscado isso.

Ao declarar que as mulheres não devem lutar por aumentos porque seria “bom para o karma” confiar no sistema, Nadella envergonhou a Microsoft mais do que o ex-CEO Steve Ballmer já o fez com suas loucuras.

 

4. Mary Barra – General Motors

141217143826-best-ceos-mary-barra-620xb

Mary Barra não teve um primeiro ano fácil de trabalho na GM.

Barra teve pouco tempo para comemorar o fato de que ela foi a primeira mulher CEO de uma grande empresa automobilística antes de a empresa ser atingida por uma enorme crise de recalls.

Mas nem sempre foi fácil. Ela teve alguns percalços ao longo do caminho. Mas, em última análise Barra assumiu a responsabilidade de muitos problemas da GM e está forçando a empresa a repensar a sua cultura corporativa.

5. Marissa Mayer – Yahoo!

141217143824-best-ceos-marissa-mayer-620xb

As ações do Yahoo superaram as de seu maior rival, o Google. Mas a CEO Marissa Mayer pode não merecer todo o crédito por isso.

A grande razão pela qual a Yahoo (YHOO, Tech30) cresceu 25% é porque ganhou crédito por sua participação no gigante e-commerce chinês Alibaba (BABA, Tech30).

Mayer prometeu devolver algumas das receitas do IPO da Alibaba aos acionistas por meio de recompras de ações. Então, parabéns por isso.

Mas a decisão de comprar uma participação no Alibaba para começar? Isso foi do ex-CEO Terry Semel e co-fundador Jerry Yang. Em 2005. Enquanto Mayer estava trabalhando para o Google (GOOGL, Tech30).

Veja aqui a lista completa feita pelo CNN Money. 

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS