Empresas ?verdes?: queridinhas dos brasileiros

A inovação faz bem, melhores escolhas dos consumidores motivam empresas a criar produtos e serviços mais conscientes

 

Um recente estudo realizado pelo Instituto Nielsen revelou que mais de 70% dos brasileiros estão determinados a se tornar fregueses de empresas verdadeiramente verdes. Inclusive com o desejo de ter um bom emprego nessas organizações.
 
A pesquisa foi conduzida entre agosto e setembro do ano passado. Mais de 28 mil pessoas com acesso à internet foram ouvidas em 56 países da América Latina, América do Norte, Europa, Oriente Médio, África, Ásia e Oriente Médio.
 
Os resultados do estudo revelam também que na América Latina só perdemos para a Colômbia, onde 86% da população estão interessadas em consumir de empresas sustentáveis. Ficamos lado a lado com o Peru e a Argentina.

Veja as principais questões abordadas pela pesquisa:

? 74% dos brasileiros se dispõem a comprar produtos de empresas sustentáveis;

? 70% dos investidores brasileiros preferem fazer seus investimentos e negócios nessas companhias;
 
? 72% dos brasileiros acham que a sustentabilidade deve ser a maior causa das empresas;

? 71% dos brasileiros dariam preferência a trabalhar em empresas sustentáveis, embora apenas 27% estariam dispostos a diminuir seus salários para ter uma vaga nessas companhias.

Pode ser o início de uma mudança de paradigma, onde as pessoas estão naturalmente se dando conta de que precisam consumir para sobreviver, mas sem necessariamente acabar com o planeta.

O painel do Conarec 2014 ?A inovação faz bem, melhores escolhas dos consumidores motivam empresas a criar produtos e serviços mais conscientes?, com Fernando von Zuben, Diretor de Meio Ambiente da Tetra Pak, acontecerá no dia 10 de setembro, às 15h.






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS