O elo perdido da liderança eficaz

Um estudo divulgado pela Columbia Business School investigou como aqueles em posições de poder podem se beneficiar ao tomar as perspectivas dos funcionários

A pesquisa, que acaba de ser publicada na revista Social Psychological and Personality Science, conclui que os líderes que não conseguem ter em conta a perspectiva dos seus públicos têm uma maior propensão para estragar a questão e o diálogo. O estudo mostra que líderes que estão condicionados a ver o mundo do ponto de vista de outra pessoa produzem melhores resultados.

“A liderança eficaz é como uma viagem de carro bem sucedida. Para ir a lugares, você precisa de combustível e de aceleração – energia é um acelerador psicológico. Mas você também precisa de um bom volante para que você não falhe enquanto aceleta pela estrada -A tomada de perspectivas é esse volante psicológico”, disse Adam Galinsky, Professor de Administração de Empresas na Universidade de Columbia Business School. “Quando você ancora em demasia no seu próprio ponto de vista e não leva em conta os pontos de vista dos outros, você está fadado a falhar.”

A linha de pesquisa de Galinsky concluiu que:

1) Poder diminui perspectiva: Apesar de a energia impulsionar líderes em relação a seus objetivos, ele também leva as pessoas a ancorar demais em seu próprio ponto de vista, que se torna insuficiente para ajustar-se às perspectivas dos outros.

2) Perspectiva apenas não é suficiente: As pessoas com propensão a se concentrar no que os outros estão pensando tendem a ser navegadores eficazes de seu mundo social; no entanto, eles muitas vezes não têm o que é necessário para se afirmar e fazer a mudança.

3) Poder + tomada de perspectiva = um líder eficaz: Quando os indivíduos têm poder e boa perspectiva, eles a) tendem a lidar com situações difíceis com mais sucesso e com maior respeito e justiça e b) facilitam o compartilhamento de informações , uma prática que ajuda os grupos a tomar as melhores decisões possíveis quando confrontados com problemas complexos. Galinsky descobriu que a combinação de poder e de tomada de perspectiva tem efeitos sinérgicos, produzindo resultados superiores ao que cada um alcançou separadamente.

 

Leia mais:

Brasil pode superar desaceleração

A linha do tempo do consumidor brasileiro

Quem é o e-shopper brasileiro?




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS