Operadoras fecham acordo para cobertura de estádios

Nesta segunda-feira, 17, as operadoras fecharam acordo com estádios para a implantação da cobertura indoor durante a Copa do Mundo; atraso na liberação dos estádios pode dificultar a instalação  

Por: - 50 anos atrás

As operadoras móveis fecharam acordo nesta segunda-feira, 17, com as administrações dos estádios do Itaquerão, em São Paulo, e da Arena da Baixada, em Curitiba, para a implantação da cobertura indoor para oferecer o serviço móvel durante a Copa do Mundo. Entretanto, segundo o SindiTelebrasil, o atraso na liberação dos estádios "deve dificultar" a instalação da infraestrutura das teles.

A entidade reclama na demora em firmar o acordo: o início das negociações com as duas administrações teria sido em maio de 2013, totalizando dez meses para que isso tenha se concretizado. Além do mais, o sindicato diz que o prazo médio para instalação da cobertura seria de 150 dias – com o acordo firmado hoje, as empresas terão 90 dias para fazer todo o trabalho.

Ainda de acordo com o SindiTelebrasil, a cobertura indoor está em "ajustes finais" nos estádios de Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador. Cuiabá, Manaus, Natal e Porto Alegre estão em processo de instalação da infraestrutura, sendo que nas duas últimas capitais, a entidade afirma que "as administrações dos estádios já solucionaram os problemas nas suas salas onde os equipamentos serão instalados, permitindo às prestadoras acelerarem a implantação da infraestrutura".

Com investimento de R$ 200 milhões, as operadoras, por meio de acordo de compartilhamento de infraestrutura única, fornecerão cobertura de rede móvel 2G, 3G e 4G, mas propõem também instalação da rede Wi-Fi para fazer o offload. Dos 12 estádios, os únicos que autorizaram essa alternativa foram Brasília, Cuiabá, Manaus, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Salvador.

 

Via TELETIME