Para o consumidor, as melhorias de vida são conquistas pessoais

Pesquisa "A percepção do consumidor-cidadão perante a qualidade dos serviços públicos e privados" revela que o consumidor não acredita que o país acompanhará o otimismo da vida pessoal  

Por: - 49 anos atrás

Estamos vivendo melhor? O brasileiro acredita que sim. Essa conquista, entretanto, se deve mais a um esforço pessoal. Tão pessoal que, para os cidadãos, o futuro do país não é tão positivo quanto a vida deles mesmos.

A pesquisa (veja aqui mais detalhes) "A percepção do consumidor-cidadão perante a qualidade dos serviços públicos e privados", realizada pelo Instituto Data Popular, à pedido da organização da iniciativa A Era do Diálogo, revela esses dados e mostra que o consumidor não acredita que o desenvolvimento do país acompanhará o otimismo da vida pessoal.

"Para melhorar, o brasileiro só depende dele mesmo", afirma Renato Meirelles, presente do Instituto. Nesse sentido, 57% não acreditam que o Brasil está no rumo certo.

Sem acreditar na nação, os consumidores percebem os problemas econômicos. A noção da inflação, por exemplo, é absolutamente real. 85% dos participantes afirmam que, hoje, não conseguem comprar hoje o que comprava antes, com o mesmo dinheiro.

Nesse sentido, 61% percebem o aumento no setor de alimentos. E 2/3 julgam que está mais difícil pagar as contas – número que merece destaque visto que, em análise feita no ano passado, a percepção era inversa.

Veja abaixo a entrevista em vídeo com Renato Meirelles: