Prato preferido do brasileiro teve preços reduzidos em 2013

Os recuos dos preços do arroz  e do feijão impactam diretamente do bolso do consumidor, já que são ingredientes básicos do prato típico da população brasileira. Queda no consumo forçou a baixa dos preços

O prato que mais representa os hábitos alimentícios do brasileiro ficou mais barato ao longo de 2013.  O preço do arroz caiu -9,05% e o feijão teve queda de 24,90%. A queda no preço do arroz se concentrou basicamente no primeiro semestre com quedas expressivas nos meses de Janeiro (-1,00%), Fevereiro (-3,94%), Março (-3,16%) e Abril (-4,38%) e esta queda esta associada ao bom desempenho da produção do cereal que foi favorecido ao longo de 2013 pelo clima que possibilitou um aumento na produção.

Já o feijão teve queda concentrada no segundo semestre nos meses de Julho (-10,75%), Agosto (-10,00%), Setembro (-13,31%), Outubro (-9,13%), Novembro (-6,94%), Dezembro (-7,59%). A queda nos preços se acentuou no mês de julho devido o favorecimento do clima de modo geral para os produtos cereais, como o feijão. Mas, a redução do consumo em comparação a 2012 diante dos altos preços verificados no primeiro semestre, ajustou o preço do item ao longo dos últimos meses de 2013.

O consumo per capita de feijão foi estimado em 16kg por habitante em 2013, contra 17kg em 2012. A queda do consumo se deve a alta dos preços no primeiro semestre, o que forçou a queda do consumo por parcela da população, e assim, os preços no segundo semestre teve um comportamento mais favorável. Os recuos dos preços destes alimentos impactam diretamente do bolso do consumidor, já que são ingredientes básicos do prato típico da população brasileira.

 

Leia mais:

Consumidor paulistano começa 2014 menos endividado

Material escolar e matrículas tem preços elevados em 2014

Cigarros, educação e alimentos elevam custo de vida nas principais capitais

 

 






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS