Quem é quem na pirâmide social brasileira?

Estudo que realizou a maior segmentação sobre a população brasileira traça o perfil de cada um dos “retalhos” da colcha social do país

Segmentar é sobreviver. No mercado brasileiro acertar no alvo parece ser uma das estratégias mais bem sucedidas para as empresas. Conhecer quem compra no mais amplo sentido pode ser essencial não apenas para a transação de compra e venda, mas para que marcas e empresas passem a construir relacionamentos com seu cliente e, assim, fidelizá-lo.

Uma pesquisa desenvolvida pela Serasa Experian, que realizou o maior trabalho de segmentação do Brasil sobre a população acima de 18 anos retrata acuradamente os perfis que compõe a população do país.

A intenção é fornecer dados para empresas, agências e profissionais de marketing, estudiosos e gestores de políticas públicas traçarem estratégias e desenvolverem serviços e produtos para os diversos estratos sociais do Brasil.

?O país é extremamente diversificado. Compomos um verdadeiro mosaico de cidadãos.? Segundo ele, tentar compreender uma sociedade tão complexa – na verdade, várias sociedades dentro de vários cenários ? demanda um esforço que vai muito além da análise individual e pontual dos dados de renda, condições geográficas, comportamento, cultura, possibilidades locais, política e demais contextos que envolvem cada grupo de brasileiros. ?Um primeiro passo é exatamente ter consciência da necessidade de considerar todas essas variáveis. E é isso que o Mosaic proporciona: um quadro-geral, um quebra-cabeça completo, um mosaico. A obra de arte que é o povo brasileiro?, explica o presidente da Serasa Experian, José Luiz Rossi.

Veja abaixo a tabela com os 11 grupos e subgrupos e os respectivos percentuais de participação na população brasileira:

Perfil população brasileira




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS