Quer alugar imóvel durante a Copa? É baratinho!

Paulistanos descobrem que podem faturar uma boa bolada alugando um quarto ou sua própria casa durante a Copa do Mundo. Os preços são absurdos e podem chegar a mais de R$ 100 mil pela temporada

Por: - 49 anos atrás

Há alguns dias um post de aluguel de residência circulou no Facebook e fez relativo sucesso. Não, o motivo não era a beleza da casa ou sua localização, mas o valor do aluguel que os donos queriam cobrar para aloca-la durante a Copa do Mundo: apenas R$ 65 mil, mas com direito a serviço de quarto, copeira, café da manhã, mas almoço e jantar são opcionais. Além disso, os proprietários oferecem TV nos quartos (são três), TV a cabo e conexão com a internet. Ah, e claro, tem um terraço com churrasqueira.

Mas não pensem que esse é o único caso de loucura pré-copa. Uma pesquisa rápida no site OLX mostra que há outros casos em que o aluguel cobrado por um apartamento de cobertura no centro da cidade sai por R$ 15 mil. Outra casa a dez quilômetros do estádio por R$ 88 mil. Mais um apartamento de alto luxo por R$ 100 mil a temporada. As diárias de outras residências variam de R$ 300 a R$ 3 mil. Um pouco mais cômodo caso sua seleção não se classifique para as outras etapas do campeonato.

Eu poderia listar diversos outros exemplos absurdos de tentativas de “tirar vantagem” dos turistas (se você ficou curioso, acesse esse link http://cidadesaopaulo.olx.com.br/nf/search/aluguel%2Bcopa%2Bdo%2Bmundo), mas apenas tomaria seu tempo, que poderia ser usado para coisas mais produtivas.

Claro que o turista que virá para o Brasil, em sua grande maioria, tem dinheiro, até porque os pacotes oferecidos apenas para a primeira fase da Copa custam cerca de R$ 30 mil reais na Europa, e isso já garante a estádia no País – e algumas federações, como a Suíça, já declararam que dificilmente vão conseguir vender os pacotes a que tem direito (4800). Então porque esse cara pagaria ainda mais só pra ficar em uma casa, ou apartamento, muito inferiores ao que eles estão acostumados em seu país de origem?

E o turista brasileiro? Se o gringo está reclamando dos preços, o que dirá um brasileiro? Claro, temos as exceções. Em cidades litorâneas há casos de alugueis de R$ 5 mil por dia, mas são casas dignas de capa de revista especializada, o que é o caso agora – e que daria, também, uma outra nota bem interessante sobre as loucuras que os ricos e novos ricos fazem para passar suas férias.

Obviamente, se comparamos com o valor que os hotéis da cidade pretendem cobrar durante a Copa, para um grupo com mais pessoas, talvez seja válido alugar uma casa. O grande problema é que todos os preços subiram a patamares muito distantes da realidade – basta ver que até as TVs estrangeiras estão repensando suas estratégias durante a Copa, visto o custo para montar uma operação no Brasil durante o período. Então as perguntas são: o que está errado? Por que o brasileiro quer faturar em apenas um mês o que não fatura em um ano? Pra que tanta ganância?

Para mostrar que nem todo mundo pensa dessa forma, algumas pessoas mais conscientes, e que também resolveram alugar suas casas durante os jogos, são mais comedidas – ou sensatas – na hora de fixar o preço. Outra pesquisa no site Airbnb (https://www.airbnb.com.br/s/S%C3%A3o-Paulo-~-SP–Brasil?checkin=01%2F07%2F2014&checkout=31%2F07%2F2014&guests=2&source=bb) apenas com imóveis de São Paulo, mostra números altos, mas um pouco mais próximos da realidade.

No site é possível encontrar imóveis por R$ 3 mil reais – um chalé, com dois quartos, próximo a Itaquera (segundo mapa no site), sai por pouco mais de R$ 2300. Mas também ocorrem as loucuras. Um anúncio divulga o aluguel de um único quarto, durante a copa, por mais de R$ 28 mil.

A lição que tiramos disso? Simples. Todo cuidado é pouco. Pesquise, e muito, caso opte por alugar um quarto, casa ou ir para um hotel nas sedes da Copa. E se quiser alugar um quarto, com internet e TV a cabo, com seis gatos em um dos bairros mais interessantes de São Paulo é só falar comigo.

Confira alguns sites que alugam casas para temporada no Brasil e no exterior.

www.airbnb.com.br
www.wimdu.com.br/
www.tripadvisor.com.br/
www.bedandbreakfast.com/brazil.html
www.homeaway.com/vacation-rentals/brazil/r20
www.homestaybrazil.com.br/
www.vrbo.com/vacation-rentals/south-america/brazil
www.roomorama.com/

 

Leia mais:

Turismo no Brasil: lógica capitalista ou tiro no pé?

Olimpíadas no Brasil: elefante branco ou infrastrutura definitiva?

Assédio e turismo sexual: eventos podem ser perigosos para mulheres?