Tecer resultados com qualidade e melhorar a experiência do cliente

"Antes de um cliente é um ser humano", aponta CEO da Losango, Hilgo Gonçalves, que enfatiza que agregar valor ao negócio é mais importante que fazê-lo  

Tecer resultados com qualidade, melhorar a experiência do cliente e melhor o ambiente de trabalho. Esta é a estratégia da Losango para garantir que o consumo consciente dê frutos na mente do consumidor, conforme apontou Hilgo Gonçalves, CEO da empresa.

Atualmente, o consumo sustentável cresce mais a cada dia. Com a expansão do mercado e do país, é preciso refletir sobre a estrutura que será formada. "Projeções para 2020 nos dizem que vamos chegar a algo como 200 milhões de pessoas com o consumo na ordem de 3,2 trilhões. Nós e?stamos preparados?", questiona Gonçalves, que vê no diálogo com o consumidor a grande chave. 

Sendo assim, como as empresas podem contribuir para que o indivíduo consciente tenha voz? Para Gonçalves, deve existir um equilíbrio entre a satisfação pessoal e a sustentabilidade, baseado numa aliança entre o que é economicamente viável, socialmente justo e ambientalmente correto.

Na visão do executivo, se o consumo consciente não for estimulado, as empresas estão fadadas ao fracasso. Muitos problemas existentes na sociedade atual são reflexos de um planejamento que não ocorreu no passado. Para o futuro, o mesmo não pode acontecer.

Hilgo lembra que, muitas vezes, um produto não é necessário na vida do cliente, mas mesmo assim é adquirido. As empresas também precisam atuar nesse contexto, dando instruções para seus consumidores. É preciso ter o compromisso de fornecer informações claras ao público, criando uma relação transparente.

"Antes de um cliente é um ser humano", aponta o CEO, que enfatiza que agregar valor ao negócio é mais importante que fazê-lo. "Uma boa experiência de compra gera fidelidade, mesmo que o consumidor não leve o produto", finaliza.

 

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

As IDENTIDADES do novo consumidor sem rótulos #CM25ANOS

Futuro incerto? O que pensam os futuristas em tempos de crise social

“Contágio” e outros filmes sobre epidemias para ver dentro de casa

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

A ascenção das newsletters

VEJA MAIS