Voo atrasado: conheça seus direitos

Final de ano é sinônimo de aeroportos lotados e caos. O mau tempo aliado a esses fatores pode causar algo absolutamente indesejado para as festas: atrasos nos voos.

Dados do site da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) indicam que, dos 1.839 voos domésticos programados para os aeroportos brasileiros nesta segunda-feira, 22 de dezembro, entre 0h e 19h, 262 apresentaram atrasos. No mesmo período, o número de cancelamentos alcançou 103 voos, representando 5,6%. Entre as 18h e as 19h, 26 voos domésticos estavam atrasados.

A Fundação Procon-SP orienta o consumidor a procurar o responsável pela aviação civil dentro do aeroporto ou o balcão de embarque da companhia para tentar solucionar o problema. Nestas ocorrências, o passageiro tem direito a:

? Viajar, tendo prioridade no próximo embarque da companhia aérea com o mesmo destino;

? Ser direcionado para outra companhia (sem custo);

? Receber de volta a quantia paga, ou ainda hospedar-se em hotel por conta da empresa.

? Ressarcimento ou abatimento proporcional no caso de ocorrer algum dano material devido ao atraso como, por exemplo, perda de diárias, passeios e conexões;

? Pleitear reparação junto ao judiciário se entender que o atraso causou-lhe algum dano moral (não chegou a tempo a uma reunião de trabalho, casamento etc.).

Todas estas possibilidades devem ser garantidas sem prejuízo do acesso gratuito à alimentação, utilização de meios de comunicação, transporte etc.

Os usuários podem acompanhar a movimentação de diversos aeroportos pelo site da Infraero no link ?situação dos voos?. As informações são atualizadas a cada hora.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS