TEMA: “A CONFIANÇA É UM ELEMENTO ESTRATÉGICO PARA A EXPÊRIENCIA DO CLIENTE. POR QUÊ?”



Brasil emplaca três empresas em rankings de maior faturamento

Estudo divulgado pela consultoria Deloitte com a Stores Media e apresentado em Nova York na Retail Big Show mostra os maiores faturamentos do varejo

Um estudo divulgado pela consultoria Deloitte com a Stores Media e apresentado em Nova York na Retail Big Show mostra que apenas uma empresa brasileira está entre as maiores 250 varejistas no mundo. A Lojas Americanas ocupa o 162º lugar no ranking. Na lista anterior, além das Lojas Americanas, constava o Grupo Pão de Açúcar, que passou a ser controlado pelo grupo francês Casino e deixou de ser uma empresa brasileira.

O Walmart, dos Estados Unidos, com vendas US$ 469,12 bilhões, continua sendo o maior no varejo físico, seguido pelo Tesco, do Reino Unido (US$ 101,26 bilhões) e a americana Costco Wholesale (US$ 99,13 bilhões). O Tesco tomou a posição do Carrefour, que era vice-líder no ranking anterior, e a Costco ascendeu três posições de um ano para outro.

Já no e-commerce, existem duas brasileiras entre as maiores do mundo: a B2W, que detém as marcas Americanas.com, Submarino e Shoptime, ocupa a 15ª posição no mundo e no 45º lugar do ranking mundial aparece a Hermes, dona da Comprafácil.com.

Veja a lista das dez maiores do varejo online no mundo:

1) Amazon ? EUA ? US$ 51,7 bilhões
2) Apple.inc ? EUA ? US$ 8,6 bilhões
3) Wal-Mart ? EUA ? US$ 7,5 bilhões
4) Otto ? Alemanha ? US$ 7,41 bilhões
5) Beijing Jingdong Century Trading ? China ? US$ 6,66 bilhões
6) Tesco ? Reino Unido ? US$ – 4,76 bilhões
7) Liberty Interactive ? EUA ? US$ 4,39 bilhões
8) Dell.inc ? EUA ? US$ 4,37 bilhões
9) Casino ? França ? US$ 3,42 bilhões
10) Jia.com ? China ? US$ 3,2 bilhões

* Com informações do G1 e Estado.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS