O perfil das novas gerações no mercado de trabalho

A geração Y é um divisor de águas comportamental. Apesar de não ser nativa digital, seus hábitos de conectividade e sociabilidade deixam marcas cujas cicatrizes não podem ser apagadas no mercado.

Uma pesquisa realizada pelo portal Emprego Ligado detectou os diferentes perfis de jovens trabalhadores.  Conheça esses perfis:

jovem trabalhador

O estudo Radar Jovem ? sobre hábitos e preferências de jovens brasileiros, cuja terceira edição, intitulada ?Vivendo 80 semanas na vida do jovem brasileiro?, traz dados atualizados de jovens entre 18 e 25 anos, analisou alguns outros hábitos.

A conquista de uma formação profissional foi apontada por 42% dos entrevistados como o maior sonho, seguido por ganhar dinheiro (20%). A educação é vista como um investimento, já que o merecimento de um salário maior se justifica pelos gastos com educação.

Ter estabilidade, trabalhar com o que gosta, poder conciliar lazer e trabalho, e empreendedorismo também foram citados como perspectivas.

Melhoria de emprego e melhores salários figuram entre as principais aspirações. O estudo apontou que 50% dos jovens entrevistados são empregados, mas que, numa projeção para 2024, se veem em posições elevadas, como empresários (36%) e executivos (32%), porém com a mesma carga de trabalho que têm atualmente.

* Infográfico por Fernanda Pelinzon

 

Leia mais:

O comportamento financeiro do jovem consumidor

O perfil do consumidor do sexo masculino

Brasileiros: somos os campeões da conectividade

 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS