CM Experience Summit 2014: inspiração para inovar

O Consumidor Moderno Experience Summit deste ano desembarcou na cidade de Roma, Itália. A bella città recebeu a comitiva de executivos brasileiros para uma imersão em estudos e práticas de alto nível estratégico para líderes empresariais.

Por: - 5 anos atrás

Dividido em dois dias de palestras e workshops – além de dois dias de atividades culturais-, o evento tem o objetivo de compartilhar conteúdos e conhecimentos relevantes para a evolução e o aperfeiçoamento das relações entre empresa e clientes, além de uma imersão cultural na cidade visitada.

IMG 2696

?Design Thinking ? Estratégias e Inovação para um consumidor em transformação?,  esse foi o tema escolhido para a edição desse ano do Summit. A curadoria do conteúdo ficou a cargo do professor Eduardo Terra, sócio da BTR ? Bridge to Results Consulting, docente da FIA e Presidente da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo, em conjunto com a área de Conhecimento e Conteúdo do Grupo Padrão.

O primeiro dia do congresso foi marcado pela apresentação de um conteúdo teórico aliado a casos de sucesso, além de atividades práticas que já colocaram os participantes em contato com a o conceito e a importância do Design Thinking na construção do pensamento de negócios inovadores.

Roberto Meir, publisher da revista Consumidor Moderno e presidente do Grupo Padrão, deu as boas-vindas e introduziu o tema aos convidados. Meir foi enfático: ?Hoje, produto é avatar de serviço?. O Publisher apresentou exemplos disruptivos de negócios como o Dashlocker, Airbnb, Warby Parker, Dollar Shave Club, entre outros que por meio do Design Thinking impactaram de forma drástica no comportamento de empresas, consumidores e na própria economia.

?As empresas devem pensar diferente. Quem continuar prototipando produtos está fadado ao fracasso. Elas devem ir além do lucro. O compartilhamento de valores tem um peso enorme na sociedade atual e isso tem e terá um impacto brutal no mercado?, salientou Meir.

A inovação estratégica precede de criatividade, significados e aplicação

Na sequência, Massimo Scattarreggia, fundador, sócio e CEO da Indesign – um dos mais respeitados escritórios de design do mundo – aprofundou a teoria do Design Thinking.

Massimo abordou a aplicação dos conceitos do DT voltados para os negócios, com foco no atendimento, na experiência e na oferta de produtos e serviços ao consumidor. Um sólido overview que culminou com o estudo de caso do Grupo Bafar, México ? case da própria Indesign.

?Devemos considerar o Design Thinking como uma filosofia. É preciso fazer as perguntas certas para solucionarmos o problema de maneira assertiva. Tudo por meio de um pensamento criativo e pela empatia do usuário. E o mais importante: o DT deve se tornar parte da cultura da empresa, ele deve ser praticado e experimentado até que se obtenha o resultado esperado?, ressaltou Scattarregia.

Design Thinking nos negócios tem como objetivo a inovação e a criação de valores

Logo depois, Mauricio Queiroz, arquiteto da MQ Design de Consumo, trouxe alguns exemplos da aplicação do Design Thinking no varejo, e frisou: ?a experiência não é um ponto isolado. Mauricio reforçou a importância do mapeamento de processos para a inserção do Design Thinking na jornada do cliente – ponto crucial do sucesso de um produto ou serviço baseado em Design Thinking.

De acordo com o arquiteto, estamos em um momento de transição: do mundo das transações para o mundo das relações. ?O importante não é de onde começamos ou onde iremos chegar, e sim qual é a jornada?, pontuou Queiroz.

Etna, a icônica Apple, a vinícola italiana Yellow Tail, a loja paulista Cartel 011 o site Beelive, serviços como o Car2GO, para aluguel de carros em Milão e centros comerciais como Maimi Design District nos Estados Unidos e o Bikini Berlin, na Alemanha, foram alguns dos exemplos apresentados por Queiroz.

Inovação é relevância

Eduardo Terra fez então as ultimas considerações sobre o tema e conduziu a primeira etapa do workshop com os participantes. Munidos de materiais lúdicos, canetas e papéis, eles escolheram dois casos de grandes corporações, Best Buy e Blackberry, para colocarem em prática os conceitos e a metodologia do Design Thinking. ?A intenção aqui é que vocês explorem  as possibilidades de evolução dos negócios dessas empresas pela ótica do Design Thinking. O comportamento do consumidor  e seus valores devem ser agora o foco dessas empresas?, reforçou Eduardo Terra antes de os participantes iniciarem as atividades em grupo.

IMG 2752

Amanhã o evento prossegue com o workshop, onde os participantes apresentarão soluções e alternativas simuladas nesses dois casos. Um exercício para instigar o pensamento criativo e estratégico a partir do Design Thinking e, por que não, uma uma fonte de inspiração para seus negócios.

Acompanhe o Consumidor Moderno Experience Summit pelo portal Consumidor Moderno e pelas redes sociais sob a hasthag #CMsummit.