Alibaba e os investimentos no mercado brasileiro

Objetivo é aumentar conhecimento da marca, a fim de educar o público sobre como é possível fazer negócios internacionais por meio da plataforma

A gigante do e-commerce chinês, Alibaba, resolveu aportar com tudo no mercado brasileiro. Ká conhecida de muitas empresas brasileiras que importam e exportam utilizando o site, por meio da plataforma B2B da empresa, como por exemplo, a Panda Import, uma loja online de produtos eletrônicos, que usa a plataforma desde julho de 2009.

A empresa importa diversos produtos da China, do Japão, da Suíça, da Tailândia e da Índia. São roupas, acessórios de vídeo game, brinquedos, peças eletrônicas, aparelhos celulares, e tablets. De acordo com Edson de Oliveira Barbosa, dono da empresa, a ferramenta é muito boa, pois é toda centralizada, com um só gerenciador, sendo simples, prática e rápida para conhecer os melhores fornecedores de produtos eletrônicos em outros países.
 
Os brasileiros já representam 1 milhão de membros usando a plataforma, o que colocou o país como mercado número um na América Latina em termos de associação. O Alibaba.com tem ampla experiência com empreendedores que nunca fizeram negócios internacionais, mas querem importar ou exportar produtos.
 
?No e-commerce, tudo o que se precisa é um computador e uma conexão com a Internet?, disse Michael Lee, Diretor de Marketing e Desenvolvimento de Negócios do Alibaba.com para as Américas.  ?Encontrar fornecedores em outros países geralmente parece ser uma tarefa árdua, tendo em vista os milhões de produtos e os milhões de fornecedores presentes no Alibaba.com, mas existe alguns elementos principais que podem ajudar os proprietários de pequenos negócios a encontrarem o que precisam para atender os consumidores brasileiros?, afirma Lee.

Para reforçar sua presença no país, a empresa está lançando uma campanha publicitária que terá a duração de dois meses e contará com comerciais na TV aberta e paga, spots no rádio, vídeos promocionais online e filmes em mídia de aeroportos paulistanos. A intenção é mostrar aos proprietários de pequenos negócios que eles podem importar e exportar produtos através da plataforma online do Alibaba.com.

Veja a campanha:

 

 






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS