Especialistas garantem que esse é o momento para comprar um carro

Vale a pena trocar de carro? Como aproveitar as melhores opções? Com algumas dicas é possível refletir se está na hora de comprar ou trocar de automóvel e fazer isso de maneira mais consciente

O consumidor atento deve aproveitar o cenário atual para comprar seu carro. A constatação é de especialistas do setor automobilístico, que lembram: a oportunidade é agora, já que os estoques de veículos nas montadoras deve se reduzir nos próximos meses.

Quem acompanha o mercado lembra que os fabricantes estão oferecendo condições de compra favoráveis ao consumidor, com maiores prazos de financiamento, além de fazer promoções, como o IPVA grátis. Os especialistas alertam, no entanto, que esse cenário não se manterá, principalmente pela queda dos estoques.

O presidente da Anfavea, Luiz Moan, garante que este é o momento certo para a compra de veículos: “Não tenho dúvidas quanto a isso, até porque estamos prevendo um crescimento superior a 14% das vendas no segundo semestre, em comparação aos primeiros seis meses”.

Se você já possui um veículo próprio, é necessário ponderar se vale a pena fazer a manutenção ou trocar de carro. De acordo com especialistas, se um carro que vale R$ 20 mil reais fizer um serviço de R$ 2 mil, duas vezes por ano já não vale a pena.

Veja algumas dicas na hora de comprar o seu automóvel:
 

 

  • Nunca compre o carro de imediato. A empolgação do momento pode transformar-se em frustração. Antes de fechar o negócio, procure e pesquise;
  • Valorize seu carro na hora de vendê-lo, mas não deixe de avaliar a contra-proposta, talvez aquilo que está sendo proposto se aproxime do que você está querendo;
  • Antes de adiantar qualquer valor, veja o veículo e faça a checagem dos seus documentos;
  • Evite documentos e notas fiscais encaminhadas por fax;
  • Confira a numeração do chassi, normalmente próximo ao motor, em todos os vidros do carro, em etiquetas localizadas embaixo do banco do passageiro, sobre a suspensão dianteira direita e em outros locais que variam conforme o fabricante;
  • É preciso checar se a data de fabricação do cinto de segurança e do motor combinam com o ano de fabricação do próprio carro.

E para assegurar que a decisão foi acertada e coerente, experimente responder com sinceridade às seguintes perguntas propostas pelos especialistas do site Consumidor Consciente, da Mastercard:

• Qual o seu objetivo para o carro?

• Quais as suas necessidades relacionados ao carro novo? Será para trabalho ou lazer?

É bem verdade que o conforto deixa todos mais felizes, mas é preciso avaliar se o luxo não custará caro demais para o seu padrão de vida. Talvez uma moto seja uma alternativa mais interessante, lembrando das despesas que vão além da compra do bem. Busque sempre o equilíbrio.

* Com informações do Finanças na Balança e Consumidor Consciente Mastercard

 

Leia mais:

Quase metade dos brasileiros possuem banda larga, mas falta qualidade

Operando em modo social: tecnologia e a função humana






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS