Netshoes incentiva funcionários a praticarem esportes

Programa ?Viva o Esporte? colocará treinadores nas cinco instalações da marca. Semana do Esporte vai até o dia 17 com palestras de atletas renomados

A Netshoes lançou ontem (14) o ?Viva o Esporte?, programa de incentivo a pratica esportiva destinado aos colaboradores do maior e-commerce de artigos esportivos do mundo. A empresa disponibilizará treinadores para consultas e acompanhamento de diversas práticas esportivas, grupos de treinamento e convênios com academias e espaços esportivos.

Para marcar o lançamento do projeto, a empresa realiza a Semana do Esporte Netshoes. Assim, entre 14 e 17 de abril, os mais de 2 mil colaboradores poderão participar de palestras com André Heller (Jogador da seleção brasileira de voleibol), Hugo Hoyama (Jogador de tênis de mesa brasileiro e medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos), Leandro Guilheiro (Judoca e medalhista Olímpico), José Neto (Técnico de Basquete do Flamengo e atual campeão da Liga das Américas de Basquete), Alex Aprile (Auxiliar técnico da Seleção Brasileira Feminina de Handebol), Gabriel de Almeida (Psicólogo do esporte do São Paulo Futebol Clube) e Diego Jeleilate (preparador físico da seleção brasileira masculina de basquete e responsável pelo serviço de consultoria esportiva para o programa ?Viva o Esporte?).

Segundo a gerente de Recursos Humanos da Netshoes, Luciana Machado, o programa ?Viva o Esporte? beneficia os funcionários e está alinhado com o novo posicionamento da marca, anunciado em fevereiro deste ano. ?A Netshoes é uma empresa com DNA esportivo e inovador. Com o lançamento da nova plataforma de marca, o RH e a área de endomarketing encaram o desafio de levar o esporte também para o cotidiano dos nossos colaboradores, que passam a ter mais qualidade de vida?, explica a gestora.

A Netshoes parece acostumada a trabalhar de uma forma nova tanto com seus clientes quanto com sues funcionários. Fundada no ano de 2000, a empresa encampa arrojadas campanhas de marketing e atendimento personalizado para os clientes. No mês passado, presenteou um menino de dez anos com uma camisa oficial do Borussia Dortmund. O menino havia escrito para a Netshoes sugerindo um novo desenho para o uniforme do time alemão e foi muito bem recompensado. Confira aqui essa história.

A Netshoes atua no Brasil, Argentina e México e divulga que sua missão é ?inspirar e transformar? a vida das pessoas com mais esporte e lazer. Hoje é uma empresa 100% digital. Entre as dezenas de promoções, a Netshoes sorteou pares de ingressos a cada R$ 180 em compras na loja virtual e oferece produtos exclusivos. Por exemplo, é a única marca no Brasil que comercializa as chuteiras de tricô da Adidas, que ficaram conhecidas depois que o atacante uruguaio Luis Suarez as utilizou no Campeonato Inglês.

Sobre a Semana do Esporte da empresa, além das palestras que buscam incentivar a prática de atividades esportivas, ao longo da semana serão oferecidas aulas de mergulho, Kung Fu, Treinamento Funcional e atividades com Kangoo Jumps.

Com o lançamento do programa ?Viva o Esporte?, os colaboradores da Netshoes passam a contar com treinadores em suas cinco instalações, na Grande São Paulo e Recife. Os profissionais da saúde prestarão acompanhamento, prescreverão treinos e auxiliarão na mudança de hábitos. ?A proposta é despertar uma nova atividade física ou desenvolver ainda mais um colaborador que já está em nível avançado?, diz Luciana.

Os colaboradores também poderão fazer parte de grupo de treinamento multiesporte que desenvolverá atividades físicas desenhadas para necessidades individuais. Para isso, a Netshoes utilizará parques ou até mesmo quadras próximas a cada uma de suas instalações. ?Buscamos oferecer para nosso cliente uma experiência personalizada na loja virtual. Reforçamos essa cultura internamente ao termos atividades em ambiente externo, envolvendo múltiplos esportes e consultoria especializada para o esporte que for de maior interesse de cada colaborador. Evoluímos, pois antes atuávamos apenas com grupo de corrida?, relembra a gerente de RH. 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS