Mais de 80% dos brasileiros não farão gasto adicional na Copa

Levantamento inédito foi realizado pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP)

Imagem: Divulgação

Estudo “Copa X Hábitos de Consumo” mostra que 83% dos consumidores não mudarão seus hábitos de consumo no período, contra 13% que farão gasto adicional; quem comprar optará por roupa/acessório (51%), alimentos (28%) e TV/DVD (10%), enquanto 3% vão adquirir ingressos e 1% assistirão aos jogos em bares

Levantamento inédito da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) revela que 83% dos brasileiros não vão fazer gastos adicionais durante a Copa do Mundo de 2014. Já os que mudarão os hábitos de consumo somam 13%. As informações estão na pesquisa “Copa X Hábitos de Consumo”, elaborada pelo Instituto Ipsos para a ACSP entre os dias 21 de março e 3 de abril em todo o Brasil.

Para Rogério Amato, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), o resultado reflete a cautela do consumidor num ano atípico – com Carnaval tardio e eleições, além da própria Copa. “Isso tudo gera incerteza. As pessoas aguardam, têm mais cautela, não vão fazer compras extras pois já estão com o orçamento comprometido, sem espaço para mais gastos. O crédito também está mais apertado”, afirma Amato.

Ele lembra que esse cenário acompanha a queda de oito pontos na confiança do consumidor em março, conforme o mais recente Índice Nacional de Confiança (INC), também elaborado pelo Instituto Ipsos para a Associação Comercial de São Paulo.

Porém, Rogério Amato pondera que o resultado da pesquisa “Copa X Hábitos de Consumo” não indica que os brasileiros deixarão de consumir normalmente – eles devem comprar o trivial. Não sinaliza, também, que os turistas não vão fazer compras durante a Copa.

Roupas e adereços: os preferidos

Dos entrevistados que disseram que mudarão os hábitos de consumo (13% do total de pessoas ouvidas), 51% deverão comprar roupas ou adereços para a Copa. Já 28% vão consumir alimentos como salgadinhos e refrigerantes, 10% comprarão aparelhos eletrônicos como TVs e DVDs e 3% vão adquirir ingressos para assistir aos jogos.

Os demais produtos da lista são: fogos de artifício (3%), itens de iluminação (2%) e tinta para pintar a rua (1%). Também foi colocada a opção de assistir aos jogos em bares, opção escolhida por 1% das pessoas ouvidas. Cada entrevistado pode ter apontado mais de um produto.

Homens mais empolgados

O público masculino está mais empolgado para comprar durante a Copa. Ao se analisar apenas o grupo dos homens, a parcela dos que vão consumir sobe para 18%; já para o grupo das mulheres, cai para 9%.

Para elaborar a pesquisa “Copa X Hábitos de Consumo”, o Instituto Ipsos ouviu mil pessoas em 70 cidades brasileiras – entre elas, nove regiões metropolitanas.

Veja a tabela copa X hábito de consumo






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS