Brasil produziu 800 mil toneladas de chocolate em 2013

Associação Brasileira do segmento também divulgou os números da produção de amendoim ? 192 mil toneladas e de balas ? 533 mil toneladas

Tempo de leitura: 2 minutos

29 de abril de 2014

A Abicab ? Associação da indústria de chocolate, cacau, amendoim e balas divulgou nessa semana o balanço da produção do ano passado de chocolates, de amendoim e de balas. O setor de chocolate apresentou leve queda em relação ao que foi produzido em 2012: 0,3% de declínio. Já o de amendoins aumentou 4,9% em relação ao ano anterior e o de balas, 0,7% superior a 2012.

O País é o terceiro maior produtor de chocolates do mundo e o quarto em consumo, Foram produzidas no ano passado 800 mil toneladas do produto. Cada pessoa come por ano 2,8 quilos segundo a pesquisa. De acordo com o vice-presidente de chocolate da Abicab, Ubiracy Fonseca, as empresas têm apostado em produtos com maior ?valor agregado? para manter a competitividade.

Já o setor de amendoim alcançou, em 2013, produção equivalente a 192 mil toneladas. A exportação e o consumo aparente do produto também apresentaram crescimento: 7,9% e 4,9%, respectivamente. O de balas fechou o ano passado com 533 mil toneladas produzidas, com alta também no consumo de 1,3%.

Para o vice-presidente de balas, Carlos Barion, fatores internos e externos impactaram os resultados: o baixo crescimento da economia brasileira, queda na massa salarial e nas vendas do varejo, o rendimento das famílias comprometidos com o pagamento de créditos assumidos e inflação.

O vice-presidente de amendoim da entidade, André Guedes, acredita que 2014 será bom para a venda de amendoins. ?O produto, por ter um apelo de consumo muito forte em momentos de comemoração e confraternização, atrairá os consumidores de Norte a Sul?, afirma. Segundo pesquisa do Ibope, 66% da população brasileira consome o produto. A Abicab engloba a cadeia produtiva nacional, representando 92% do mercado de chocolates, 70% do mercado de balas e confeitos, 62% do mercado de amendoim e 100% do mercado de cacau.

Veja o gráfico de produção, consumo e exportação do amendoim: 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS