Marketplace fatura R$ 100 mil por mês

Sem precisar sequer ter contato com as mercadorias, o MuccaShop movimentou R$ 12 milhões de seus clientes de e-commerce só no ano passado

O MuccaShop oferece ao usuário a experiência de um shopping na web. Reúne lojas de diversos segmentos para que o usuário possa navegar entre elas. Clicando em um produto, o cliente é direcionado para o site da loja anunciante, onde pode efetuar a compra. Para o lojista, o marketplace oferece o serviço de ?publicidade por resultado?, anunciando seus produtos no site.

No ano passado, faturamento da empresa foi de R$ 1,2 milhão com publicidade, movimentando R$ 12 milhões de seus mais de 300 clientes no e-commerce, sem necessidade de possuir um estoque ou movimentar as mercadorias. E são 700 mil produtos oferecidos e doze milhões de páginas visualizadas por mês.

A diferença para um comparador de preços comum como o Buscapé, por exemplo, é que o shopping virtual é uma vitrine com milhares de produtos. No caso do comparador de preços, o público já sabe o que comprar e busca apenas o melhor preço.

Em funcionamento desde 2010, o MuccaShop tem como clientes o Magazine Luiza, Walmart, Hering, Centauro e Saraiva. No entanto, o pessoal da MuccaShop garante que mesmo pequenas lojas online podem anunciar no site.

?Porém, elas passam por uma curadoria e precisam atender a alguns requisitos mínimos como ter mais de 50 tipos de produtos, não comercializar réplicas, imitações ou contra-tipos?, explica a gerente de marketing, Gabriella Müller.

Funcionamento

Não é exigido pagamento de mensalidades. O site funciona como um sistema simples de leilão. Quanto maior o valor do lance, melhor sua posição no site. O varejista pode escolher entre três sistemas:

CPC ? Custo por clique em cada produto listado, a partir de dez centavos. Os créditos são pré-pagos e o empreendedor determina o lance de acordo com quanto quer gastar e qual a visibilidade deseja ter.

CPC pós pago ? (sujeito à aprovação) ? Cobrança mensal de créditos de acordo com o consumo de cliques do período.

CPA ? (sujeito à aprovação) ? Comissão sobre as vendas faturadas. Garante o ?retorno sobre investimento?, mas não possibilita liberdade de posicionamento dentro do site. Destinado para lojas com grandes volumes de vendas.

O Portal NOVAREJO perguntou para a gerente de marketing do marketplace por que as empresas varejistas deveriam investir contratando o serviço no site e não na própria publicidade da marca em outros sites. Confira a resposta:

?O investimento em publicidade de marca é de retorno a longo prazo. Isso não quer dizer que não deva ser feito, muito pelo contrário, os lojistas devem sim trabalhar seu branding para criar lembrança de marca e confiança com o consumidor. A publicidade oferecida por nós é por resultado, ou seja, o lojista só paga quando alguém clica em um de seus produtos e é direcionado para a loja. Os resultados são instantâneos.?






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS