BC ordena padronização dos cartões de pagamento

Agora varejista poderá receber adiantamento das compras a prazo mesmo de banco que não se relaciona

A circular n° 3.721 publicada nesta quinta (25) pelo Banco Central possibilitará que varejistas decidam se querem receber antes as compras a prazo feitas pelos clientes através de qualquer banco.

Antes o comerciante já conseguia fazer isso, mas apenas com o banco que já mantinha relacionamento. Medida amplia a capacidade de os lojistas utilizarem capital de giro para investimentos ou pagamento de despesas.

Com a norma, o BC exige que todas as instituições financeiras e de pagamento atuantes no Brasil usem arquivos padronizados de ?agenda de recebíveis de cartão de pagamento?, que é o cronograma dos pagamentos que estão para cair.

Para o Banco Central, a modificação reduzirá as barreiras de entrada e fomentará a competição entre as credenciadoras. Na outra ponta, o BC entende que a possibilidade fará com que o varejista se sinta mais livre para escolher o banco que recebe a liquidação das suas operações com cartões de pagamento.

A circular entrará em vigor em 2 de fevereiro do ano que vem para que as instituições tenham tempo de ajustar suas operações.

Leia mais:

Benefícios da regulamentação de cartões ao varejo

Meios de Pagamentos – Travas da cultura

6 passos para os serviços financeiros no varejo




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS