Inadimplência das empresas cresce 5,5% em agosto

Segundo indicador da Serasa, a alta foi de 6,7% no acumulado deste ano

 

Frente a agosto de 2013, a inadimplência das empresas aumentou 5,5%, segundo indicador da Serasa Experian. No acumulado do ano, de janeiro a agosto, o aumento foi de 6,7%.

Na comparação com julho deste ano, porém, houve queda, de 8,5%. Esta queda, segundo os economistas da Serasa, compensou a alta de 12,9% verificada em julho deste ano.

Os títulos protestados e os cheques sem fundos foram os principais responsáveis pela queda do indicador em agosto, com quedas de 24,2% e 13,3% respectivamente.

As dívidas com os bancos também apresentaram declínio de 2,1% e a inadimplência não bancária (junto aos cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica, água etc.) teve alta de 1,8%.

Na análise frente a 2013, a inadimplência das empresas continua em elevação “devido ao agravamento da conjuntura doméstica, caracterizada por recessão econômica e aumento do custo financeiro para as empresas.

Leia mais 

Franchising cresce 5,4% no primeiro semestre

Supermercados têm alta de 2,5% em agosto

Busca por crédito desacelera em SP




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS