A história dos jogos olímpicos

?????????? ??????. É assim que se menciona os jogos olímpicos na sua língua original, o grego. Conheça mais sobre a história dos jogos no nosso especial. Da gênese aos negócios.

episodio 4

* Imagem | Fernanda Pelinzon

Falar em jogo e não mencionar os jogos olímpicos é quase uma heresia com o velho deus Zeus ? cuja atividade era toda em sua homenagem.

Dentre as atividades lúdicas, os jogos olímpicos eram as mais importante da Velha Grécia e faziam referência às lendas de Hércules. Deles só participavam homens livres, falantes da língua grega e em pleno exercício dos seus direitos. Mulheres, nem pensar. Para elas existiam a ?Herae?, uma disputa exclusivamente feminina e que homenageava Hera, a mulher de Zeus.

Os registros históricos indicam que o primeiro evento esportivo ocorreu em 776 a.C, mas só existia uma única prova: a corrida simples (ou stadion) dentro de um percurso de 192 metros. A partir de 724 a.C, surgiram outras modalidades como a corrida de 400 metros, o pentatlo (competição formada por cinco modalidades atléticas incluindo luta livre, salto a distância, corrida, lançamento de disco e lançamento de dardo) e o pancrácio (luta similar ao boxe).

Aliás, desde aquele tempo, apenas uma regra permaneceu intacta depois de todos esses anos: os jogos são realizados de quatro em quatro anos. Por outro lado, muitas coisas mudaram nos jogos, inclusive com o acréscimo e fim de algumas atividades acrescentados.

Os jogos tiveram a sua crise já na era pós Cristo e chegaram a ser proibidos a partir do ano 393 d.C. O que aconteceu? Acompanhe no capítulo de amanhã.

* Acompanhe a série especial e seus desdobramentos no Facebook, Twitter e Instagram sob a hashtag #Gamification

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Quanto custa abrir uma franquia de varejo no Brasil?

Home office é tendência de trabalho para 2020: veja 5 dicas

“Parasita”: Pessoas, baratas, parasitas e a diluição da identidade

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

Quais são as tendências para 2020. Veja a lista

VEJA MAIS