Natura cria projeto piloto de e-commerce em SP

Colaboradores da empresa no Estado agora podem prestar consultoria e vender online

A Natura está testando o e-commerce no Estado de São Paulo, ainda sem previsão para expandi-lo a todo o Brasil. Através da Rede Natura, os consultores paulistas da empresa poderão dar dicas de produtos e vender pela Internet.

O pagamento e a entrega dos produtos será efetivada pela própria empresa, que têm chamado o projeto de ?evolução da venda direta?. Por enquanto, entregas serão feitas em São Paulo, Rio de Janeiro, e Minas Gerais.

Os testes já haviam começado há um ano e meio nas cidades paulistas de Campinas e São José dos Campos e agora foi estendido a todo o Estado. Diretor-presidente da empresa, Alessandro Carlucci, declarou em nota que com o e-commerce, o papel dos consultores será ?reforçado?.

?Percebemos que parte das relações da sociedade atual passa pelas tecnologias digitais e redes sociais, o que abre espaço para ampliarmos o significado de nossa vocação para atuar em rede?, explicou.

De acordo com Carlucci, a principal preocupação da empresa foi garantir a preservação do relacionamento entre consultores e clientes. Com o e-commerce, novas marcas e categorias de produtos serão comercializados, como produtos de moda e decoração.

A Natura vendeu R$ 7 bilhões no ano passado através de 1,6 milhão de consultores espalhados por Argentina, Bolívia, Chile, México, Peru, Colômbia, Brasil e França. Empresa tem fábricas em Cajamar (SP) e Benevides (PA) e oito centros de distribuição espalhados pelo País.

Leia mais:

Aplicativo agita setor de venda direta

Natura cresce e reduz em 33% as emissões de gases

As 30 cidades mais importantes para o e-commerce






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS