Setor têxtil espera queda de 42,4% nas vendas

Expectativa é para os próximos 60 dias e também não é boa para investimentos

Tempo de leitura: < 1 minuto

21 de outubro de 2014

As vendas de setembro e outubro no setor têxtil devem cair 42,4%, segundo a Pesquisa Mensal de Conjuntura da Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil).

Apenas 22% dos entrevistados têm expectativa de vendas acima do esperado.

O pessimismo, em um momento de encomendas maiores, por conta das vendas de final de ano no varejo, também se refletem em outros pontos do negócio e um deles é o nível de investimento.

Para 61% dos entrevistados haverá queda nos recursos aplicados no negócio nos próximos 60 dias, ao passo que 33,9% dos empresários têxteis acreditam que o indicador ficará no nível esperado.

Com relação a produção, a expectativa para 39% dos entrevistados é de queda, enquanto que para 45,8% o indicador ficará estável.

Quanto ao nível de emprego, para 57,6% dos empresários haverá manutenção do nível de emprego em relação aos últimos dois meses e para 37,3% o indicador se manterá abaixo do esperado.

Leia mais

Atacado registra queda de 4% no faturamento

Comércio deve contratar menos temporários em 2014

Varejo tem desempenho fraco em agosto




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS