Por que amamos e dependemos tanto dos nossos smartphones?

Para muitas pessoas sair de casa sem o telefone celular é como sair sem roupa. Descubra os motivos que nos tornam dependentes e apaixonados pelos devices

A 13ª edição do F/Radar, estudo sobre internet realizado pela F/Nazca Saatchi & Saatchi revela que quase um quarto da população brasileira já possui smartphone. A penetração do celular comum já chega a 73% no país.  33% dos brasileiros usam smartphone como principal acesso à internet.

80% das pessoas dormem com seus smartphones. 40% atendem aos aparelhos até mesmo no banheiro. Com a tecnologia imiscuida em todas as esferas da nossa vida, fica cada vez mais difícil limitar o uso “recreacional” do vício. Algumas vezes, a necessidade de estar sempre perto do smartphone passa a atrapalhar outras áreas da vida.

63% dos brasileiros usam o smartphone em menos de 1 minuto após acordarem, segundo uma pesquisa realizada em 2013 pela AG2 Publicis Modem.

Outro estudo, realizado pela da BemMaisSeguro.com, aponta  que 70% das pessoas temem ficar sem seus dispositivos, alguns abririam mão até de bebida, comida e sexo.  Outros abandonariam até mesmo seu filho primogênito ou seu animal de estimação em troca do uso do wi-fi, como mostra uma experiência realizada em Londres pela Cyber Security Research Institute, do Reino Unido, e pela SySS, uma empresa alemã de testes de penetração.

Uma pesquisa realizada nos EUA em 2012 pela tecnológica Lookout mostrou que 58% dos proprietários de um smartphone não ficam nem uma hora sem dar uma olhadinha no telefone e 73% admitiram sentir pânico diante da ideia de não saber onde está seu aparelho.

Essa ansiedade foi batizada de “nomofobia” e, em maio, psicólogos da Universidade de Gênova, na Itália, pediram formalmente que fosse incluída como uma patologia no manual de diagnósticos de transtornos mentais DSM-V.

Mas, afinal, por que amamos tanto nossos smartphones? Conheça alguns motivos:

Smartphones brasil Cm

O correpondente da CNN e escritor, Bob Greene, enumerou algumas características dos viciados em smartphone:

? Necessidade de checar o celular, mesmo que no meio de uma conversa (real) com outra pessoa;

? Escrever mensagens de texto enquanto seu filho te conta sobre o dia na escola, por exemplo, e depois não lembrar de uma palavra dita por ele;

? Ter a sensação de que algo não aconteceu de fato até que você poste no Facebook ou Twitter;

? Sentir-se isolado ou ansioso por passar muito tempo sem acesso a Internet;

? Perceber que mesmo quando a família está reunida no mesmo cômodo, cada pessoa está concentrada na sua própria telinha.

 






MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS Prêmio Consumidor Moderno

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS