Todas as mortes olímpicas

Foi em 393 d.C que o imperador bizantino Teodósio I, o Grande, declarou: tudo o que não fosse cristão, logo seria pagão. Simples assim. Dessa forma, entrou na lista o fim ao culto aos helênicos (inspiração para o Império Romano) e, claro, aos seus deuses politeístas.

Por: - 4 anos atrás

Episodio 6

Se Zeus não era mais o deus, tudo aquilo que fazia referencia ao todo poderoso do Olimpo deveria ser banido. Tudo mesmo. Inclusive os famosos jogos olímpicos.

No fim, foi exatamente isso o que aconteceu. Os jogos foram sumariamente banidos pelo ditador cristão e só retornariam 15 séculos depois. O banimento só foi encerrado em 1821, logo após a independência da Grécia contra o domínio otomano.

O país, no entanto, estava quebrado e precisava de um incentivo para ascender social e economicamente. O jeito foi recorrer aos velhos jogos olímpicos, o que viria acontecer em 1896 e por iniciativa do Barão Pierre de Coubertin. Era a terceira iniciativa de resgate do evento esportivo.

 

Acompanhe a série especial e seus desdobramentos no Facebook, Twitter e Instagram sob a hashtag #Gamification

 

* Imagem | Fernanda Pelinzon