Inadimplência das empresas cai 3,3% em novembro

Segundo Serasa Experian, queda é referente a novembro do ano passado

A inadimplência das empresas caiu 3,3% em novembro, frente ao mesmo mês de 2013, segundo indicador divulgado hoje (16) pela Serasa Experian. Frente a outubro, a queda foi ainda maior, de 5,3%.

No acumulado de janeiro a novembro, por outro lado, a inadimplência das empresas registrou alta de 6,1% na comparação com o mesmo período do ano passado.

O recuo mensal, segundo economistas da Serasa, é reflexo da menor quantidade de dias úteis em novembro, com impactos mais expressivos nos cheques sem fundos e títulos protestados, e da entrada da primeira parcela do 13º salário na economia, melhorando o fluxo de pagamentos de consumidores e empresas.

Todas as modalidades do indicador apresentaram queda em novembro, na comparação com outubro: cheques sem fundos tiveram a maior queda, de 12,1%. As dívidas não bancárias e os títulos protestados caíram 3,4% e 6,7%. A inadimplência com os bancos também apresentou variação negativa de 1,9%.

O valor médio dos títulos protestados teve alta de 13,8% de janeiro a novembro de 2014, na comparação com o mesmo período de 2013. As dívidas não bancárias também cresceram 6,7%.

Já a inadimplência com os bancos e cheques sem fundos apresentaram queda de 7,3% e 4,3%.

Leia mais 

Franchising cresce 9,3% no 3º trimestre

76% das pessoas darão um smartphone de presente

Varejo brasileiro cresce 1,8% em outubro, diz IBGE




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS