Redes sociais tornam-se vitrines no fim do ano

Uma pesquisa realizada pelo Scup, ferramenta líder em monitoramento, atendimento, gestão e análise de mídias sociais, revelou que os internautas costumam expor nas redes sociais seus itens de desejo no período que antecede o natal.

?Esses dados são uma importante fonte para o varejo definir estratégias de marketing mais certeiras, baseadas nos anseios do consumidor?, recomenda o gerente de marketing do Scup, Fabio Marques Santos.

O levantamento apontou que moda e acessórios lideram os desejos dos internautas com 50% das menções, seguidos por telefonia e celulares (11%) e alimentos e bebidas (9%). Ao relacionar os produtos com o amigo secreto, tradicional troca de presentes no final de ano, a telefonia celular assume a ponta das citações com 30%.

As mulheres continuam sendo um alvo decisivo quando o assunto é compras. O que surpreende é que, apesar de o brasileiro ser conhecido por deixar tudo para última hora, pouco mais da metade dos pesquisados se antecipou e comprou os presentes de natal. Já o pagamento das compras não parece ser grande preocupação dos usuários de mídias sociais.

Apesar de haver um provável aumento do interesse e confiança das pessoas em relação às compras online, elas ainda preferem comprar em lojas físicas suas lembranças. Retrato disso é que a Rua 25 de Março, centro popular de compras em São Paulo, recebeu mais de um milhão de pessoas no último final de semana antes no Natal.

De forma geral, o estudo indica que todos os usuários de redes sociais sofrem algum tipo de impacto pelas celebrações do período e quase 30% deles falam sobre essa época de forma negativa devido aos preços elevados, consumismo exacerbado e dificuldade de compra.

O Scup capturou, entre 3 e 18 de dezembro de 2014, 311 mil menções no Twitter e Facebook que tinham termos ligados ao natal.






MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS Prêmio Consumidor Moderno

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS