Ferrero recebe primeiro prêmio de liderança Bonsucro

Com o objetivo para 2014 alcançado, o Grupo recebeu prêmio com nova meta: 40% de açúcar de fontes sustentáveis até 2016

O Grupo Ferrero, um forte defensor da sustentabilidade recebeu o Prêmio de Liderança Bonsucro. O grupo conquistou o Prêmio por demonstrar liderança, inovação e por incentivar os membros da Bonsucro a aumentarem ainda mais seu engajamento com a organização.

Em 2013, 25% do volume total de açúcar utilizado pelo Grupo Ferrero veio da cana de açúcar refinada. O compromisso do Grupo Ferrero para 2014 foi alcançar 10% da cana de açúcar vinda de fontes sustentáveis. Devido à sua proximidade com os parceiros de sua cadeia de fornecimento, o Grupo tem planos de aumentar esse volume para 40% até 2016, e 70% até 2018, atingindo a meta de chegar a 100% até 2020.

A Ferrero foi a primeira empresa a envolver sua cadeia de fornecimento e comprar Açúcar com Certificação Bonsucro para o transporte de açúcar do Brasil para a UE e Canadá.

O Grupo Ferrero também comprou 5.000 créditos Bonsucro na Austrália, o que representou o primeiro passo para buscar a marca de 10% em 2014. A receita obtida com a venda dos créditos de sustentabilidade Bonsucro permite que as comunidades produtoras invistam na melhoria de práticas agrícolas, como em técnicas para economizar água e de manejo de inseticidas.

“A sustentabilidade é uma prioridade para nós em nível global. Estamos orgulhosos com o reconhecimento de nossa liderança no período de 2013-14 e por termos sido a primeira empresa a envolver sua cadeia de fornecimento no transporte de Açúcar com Certificação Bonsucro em escala global”, disse um representante da Ferrero.

“Continuaremos nesta rota de sucesso com a Bonsucro e estamos orgulhosos com a conquista desse reconhecimento da indústria”.

O prêmio foi anunciado na Conferência Anual da Bonsucro realizada em Manila, nas Filipinas, em 13 de novembro de 2014.

Fonte: Assessoria de Imprensa.

Leia mais:
Bunge embarca primeiro açúcar certificado para o exterior
Bagaço de cana é matéria prima para fabricar embalagens
SP terá novo modelo de sacola a partir de fevereiro
 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS