Sete robôs domésticos que você precisa conhecer

Modelos já comercializados realizam pequenas tarefas, reconhecem rostos, dançam e falam diferentes idiomas

Os desenvolvedores ainda não chegaram ao cyborgs perfeitos e submissos ao capricho humano como imaginou Philip K. Dick em Blade Runner, mas, a robótica doméstica se expande a cada dia. Modelos que realizam pequenas tarefas, reconhecem rostos, dançam e falam diferentes idiomas já estão sendo comercializados. Conheça alguns modelos:

Nao Next Gen

Orientador site

Provido de câmeras, sistemas anticolisão e sensores capazes de criar vínculos, este robô criado pela multinacional francesa Aldebaran Robotics foi desenvolvido para interagir e expressar simples emoções. Como se fosse um vigilante doméstico com quase 60 centímetros, o modelo é totalmente autônomo e programado com software livre. Ele se move com desenvoltura, dança e conta histórias. Perfeito para cuidar de crianças, segundo seu fabricante. Preço: 39.000 dólares.

Aiko Chihara

Aiko Chihara

O androide da Toshiba apareceu na Createc Japan no ano passado. O exemplar chamou a atenção na feira pelo design realista. Parece uma gentil mulher oriental. Somente no seu rosto foram desenvolvidos 15 motores de movimento. Seus criadores esperam que ela seja uma boa companhia para pessoas de idade avançada e sob cuidados. Sem preço anunciado.

Robi

robi

O criador de Robi é Tomahaka Tahahashi. A editora DeAgostini o lançou no Japão, França e Itália, em uma série colacionável de peças. Tem 34 centímetros e pesa um kilo. Fala, dança e interage com humanos. O preço, uma vez pago todos os fascículos, é de 1.000 euros.

Asimo

Asimo

Asimo é de fabricação da Honda. Foi batizado com esse nome em homenagem ao autor de ficção científica Issac Asimov. Ele toma suas próprias decisões e seu comportamento muda conforme o entorno. Mede cerca de 1 metro e meio. Foi pensado para auxiliar pessoas com mobilidade reduzida. Inclusive abre garrafas com tampa de rosca. Sem preço anunciado.

Poppy

Poppy2

Poppy nasceu para a educação e a descoberta por meio da troca de dados baseado em software livre. O projeto é do instituto de investigação francês Inria. Seu comprador pode montá-lo sozinho. Custa 8.000 euros.

Baxter

Baxter

Baxter é um grandalhão de 1,80 de altura. Ele detecta pessoas ao redor e foi pensado para acompanhar humanos em tarefas que exigem força bruta. Pode ser treinado em poucos minutos. Sem preço anunciado.

Aibo

aibo

Aibo é o cãozinho robô da Sony. Brinca, reconhece vozes e, segundo especialistas, pode sentir como ?os de verdade?. Talvez pelo fato de sua psicologia que é programável por meio de um computador. Preço 2.099 euros.

 

Leia mais:

Pesquisa traça o novo perfil dos gamers no Brasil

Hackers podem invadir a sua internet pela smart TV?

Conheça os aplicativos que podem ?competir? com o Instagram






MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS Prêmio Consumidor Moderno

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS