Construção civil: mais agilidade e sustentabilidade ao setor

Método desenvolvido pela Gerdau utiliza um sistema que inovou a construção civil em rapidez e respeito ao meio ambiente

A Gerdau desenvolveu telas de aço que viabilizam a aplicação de um inovador sistema de construção civil no Brasil. A solução, criada pela dinamarquesa Bubbledeck, permite a diminuição do volume de concreto empregado em lajes por meio da utilização de esferas de plástico reciclável entre as telas.

O método pode reduzir em até 35% o peso próprio da estrutura, o que possibilita eliminar a necessidade de vigas e vencer grandes vãos com menor consumo de materiais. O principal desafio da Gerdau foi criar um produto diferenciado, com composição, dimensões e espaçamentos personalizados, contribuindo para o aumento de produtividade nas construções.

Em comparação aos métodos convencionais, o sistema BubbleDeck pode proporcionar a uma obra de 10 mil m², por exemplo, economia de até 882 m³ de concreto, redução de 60% na quantidade de escoramento e de mais de 2 mil toneladas de cargas nas fundações.

Sob o ponto de vista ambiental, o método evita o descarte de 30 toneladas de plástico em aterros, a emissão de 400 mil kg de CO2 na atmosfera e o corte de 194 árvores. A tecnologia já foi utilizada em obras de grande relevância nacional, como a ampliação do aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.

Além da construção
No site da empresa existe um espaço voltado para o meio ambiente e a sociedade. Dentro desse espaço, a Gerdau incentiva o consumo consciente e cita 12 princípios que norteiam essa prática:

1- Planeje suas compras e não seja impulsivo. A impulsividade é inimiga do consumo consciente. Planeje antecipadamente e, com isso, compre menos e melhor;

2- Avalie os impactos do seu consumo. Leve em consideração o meio ambiente e a sociedade, em suas escolhas de consumo;

3- Consuma apenas o necessário. Reflita sobre as suas reais necessidades e procure viver com menos;

4- Reutilize produtos e embalagens. Não compre outra vez o que você pode consertar, transformar e reutilizar;

5- Separe o lixo. Recicle e contribua para a economia de recursos naturais, a redução da degradação ambiental e a geração de empregos;

6- Use crédito consciente. Pense bem se o que você vai comprar a crédito não pode esperar e esteja certo de que poderá pagar as prestações;

7- Conheça e valorize as práticas de responsabilidade social das empresas. Em suas escolhas de consumo, não olhe apenas preço e qualidade. Valorize as empresas em função de sua responsabilidade para com os funcionários, a sociedade e o meio ambiente;

8- Não compre produtos piratas ou contrabandeados. Compre sempre do comércio legalizado e, dessa forma, contribua para gerar empregos estáveis e para combater o crime organizado e a violência;

9- Contribua para a melhoria de produtos e serviços. Adote uma postura ativa. Envie às empresas sugestões e críticas sobre seus produtos e serviços;

10- Divulgue o consumo consciente. Seja um militante da causa: sensibilize outros consumidores e dissemine informações, valores e práticas do consumo consciente. Monte grupos para mobilizar seus familiares, amigos e pessoas mais próximas;

11- Cobre dos políticos. Exija de partidos, candidatos e governantes propostas e ações que viabilizem e aprofundem a prática do consumo consciente;

12- Reflita sobre seus valores. Avalie constantemente os princípios que guiam suas escolhas e seus hábitos de consumo.

Além disso, o site da empresa fala sobre reciclagem, meio ambiente e sociedade e os projetos voltados para essas áreas.
 
Com informações da Assessoria de Imprensa e do portal Gerdau.

Leia mais:
Projeto aumenta produtividade de cooperativas de sucata
SP lança sistema que gerencia os resíduos da construção civil
Verdes Ventos: construção de lazer com selo LEED
 






MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS Prêmio Consumidor Moderno

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS