Voos noturnos podem chegar a custar 50% mais caro

Segundo levantamento, independentemente da ponte aérea os valores sofrem alterações diariamente para viagens em qualquer período

Os voos noturnos são mais caros que os voos em horário comercial. Diferente do que muitos pensam, as passagens áreas para embarque de madrugada sofre aumento de até 50% se comparado com períodos diferentes (manhã, tarde e noite).  É o que aponta uma pesquisa da agência virtual ViajaNet, que apurou os valores praticados pelo mercado em simulações de compras nesse mês de março.

Na ponte aérea São Paulo com destino Rio de Janeiro, há diferença significativa no custo das passagens se comparar os voos noturnos com os diurnos. Na madrugada, o bilhete aéreo custa cerca de R$ 462 para uma viagem com embarque em 07|03, enquanto que, tanto no período da manhã quanto da tarde, o mesmo trecho saí aproximadamente R$ 318.

Outro percurso analisado é Rio de Janeiro – Brasília, o voo de madrugada saí em torno de R$ 792. Entretanto, se comparado o mesmo trajeto, mas em horários diferentes, por exemplo, matutino e vespertino, o tíquete fica em média R$ 526 e R$ 468, respectivamente.

Veja alguns valores:

voos

Leia mais:

A linha do tempo da defesa do consumidor brasileiro

Os 10 melhores autoatendimentos do Brasil

Por que não dá para suspender o WhatsApp no Brasil?






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS