Entre propaganda, e-commerce e o novo consumidor

De crédulos na publicidade a viciados em cupons de desconto. Como e por que mudamos?

Mudamos nosso comportamento de consumo. Estamos mais conscientes, exigentes e críticos. Uma prova disso é que 80% dos consumidores realiza uma ou mais pesquisa online antes de comprar um produto.

Uma diferença substancial em relação à postura ingênua e crédula do modelo de consumo criado especialmente na década de 1950 em que o consumidor acreditava cegamente na publicidade, que, não por acaso ascendeu nessa época.

A partir da década de 1980 e especialmente na década de 1990, passamos a abrir os olhos para a realidade do mercado e a tentar tirar vantagem do que era possível, um exemplo disso é a cultura dos cupons, que se fortaleceu. Além do germinar do e-commerce.

Ao passar por diversas intempéries econômicas, o consumidor em todo o mundo tornou-se obrigatoriamente mais racional. Veja no infográfico abaixo algumas mudanças substanciais no nosso comportamento de consumo.

Infografico Evolucao do Consumidor

 

Leia mais:

Cinco tendências comportamentais inevitáveis

O atendimento ao consumidor ponto.com

Marcas apostam em emoticons próprios como estratégia






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS