O que é respeito para o consumidor brasileiro?

Ao tornar-se mais consciente, consumidor brasileiro passa a valorizar outros atributos além dos óbvios

Tempo de leitura: < 1 minuto

7 de abril de 2015

res.pei.to s.m. Consideração; sentimento que leva alguém a tratar outra pessoa com grande atenção, profunda deferência, consideração ou reverência: respeito filial.

Obediência; acatamento ou submissão: respeito às leis.

Apreensão; sensação de medo.

Maneira de se tratar um assunto; ponto de vista.

Que ocasiona alguma coisa; motivo, razão.

s.m.pl. Homenagens ou cumprimentos: apresentar seus respeitos.

 

Em uma sociedade de consumo sofisticada como a brasileira, uma das premissas básicas é o respeito pelo consumidor. Mas o que faz com que ele se sinta respeitado por empresas e pelo mercado?

Eestudo exclusivo conduzido pela Shopper Experience em parceria com a revista Consumidor Moderno, ?As empresas que mais respeitam o consumidor no  Brasil?, revela que embora o brasileiro goste muito de promoções, apenas 5% associam a prática a uma postura de respeito.
 
A máxima ?brasileiro adora promoção? está se enfraquecendo à medida que esse consumidor ingressa em um novo patamar: o do consumo consciente. Para Stella Kochen Susskind, presidente da Shopper Experience e coordenadora da pesquisa, o resultado é revelador sobretudo porque indica a tendência de repensar o consumo. ?Na prática, significa que o brasileiro está mais atento a um processo de fazer contas; não se deixa enganar facilmente por ações sem um real significado, seja um ganho financeiro ou de produtos associados à compra?, afirma a executiva, uma das principais experts do país na avaliação do atendimento ao cliente.

A pesquisa ? concluída em novembro de 2014 ? avaliou a percepção que os consumidores de São Paulo (capital e interior), Rio de Janeiro, Recife, Porto Alegre, Belo Horizonte, Brasília e Goiânia têm de grandes marcas.  

Veja os principais fatores levantados pelo estudo:

respeito

 

Leia mais:

Como nos apaixonamos pelo hábito de comprar?

A jornada de consumo no século XXI

Como resistir à tentação de comprar por impulso?




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS