A Era do Diálogo 2015: evolução e relacionamento

Evento é uma iniciativa da revista Consumidor Moderno para fomentar os espaços de discussão das políticas de consumo

Os mais altos executivos das maiores empresas brasileiras ou com sede no Brasil, representes de entidades ligadas a defesa do consumidor e representantes do poder público deram início, a pouco, ao maior espaço para a discussão das relações entre empresas e clientes, a Era do Diálogo – uma iniciativa da revista Consumidor Moderno e da Abrarec (Associação Brasileiras das Relações Empresa e Clientes).

Na abertura do evento, Roberto Meir, publisher da revista Consumidor Moderno e especialista internacional das relações de consumo, falou da importância dos 20 anos da CM e também dos 25 anos do Código de Defesa do Consumidor (CDC). “É um orgulho e satisfação alcançarmos os 20 anos da Consumidor Moderno e os 25 anos do CDC. É o único conjunto de leis que pegou na história do país e de reconhecimento de todos”, disse.

Roberto fez uma rápida viagem no tempo e lembrou das evoluções que surgiram em função do CDC e na defesa do consumidor, como é o caso da criação da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), o site consumidor.gov, entre outros.

Ao final de sua fala, Meir projetou as relações de consumo do futuro e que serão debatidos ao longo de todo o dia no evento a Era do Diálogo. “O milagre chinês está baseado em uma frase de Confúcio: ‘a casa tem que estar em harmonia’. Temos que entender consumidor, que muda com uma rapidez muito grande.

Hoje estamos falando de mobilidade urbana e privacidade de dados. Estamos falando de garantia de origem, um assunto que defendemos na revista lá atrás. Estamos falando de alimentos e o desejo da população em consumir algo com menos sódio. Estamos falando de economia compartilhada e temos o Uber, o Airbnb e outros. Mais do que isso. Está na hora de uma evolução do CDC e está na hora de incluir os servicos pubicos no código. Precisamos de uma contrapartida do estado”, disse.

A Era do Diálogo é uma iniciativa patrocinada por A&C, Atento, Bradesco, Caixa, Claro, CNova, Grupo Contax, Correios, Itaú, Nice, OI, SKY e TIM.




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS