Saliva do carrapato tem ação contra o câncer

Testes apresentaram resultados de inibição de quase 70% do crescimento de tumores em camundongos

Por: - 5 anos atrás

Há algum tempo o carrapato é estudado pelos cientistas por conter uma substância que impeça o crescimento de tumores. Desta vez, a professora Maria Izabel Camargo-Mathias, da Universidade do Estado de São Paulo ? Unesp ? conduziu um grupo de pesquisadores que estudam essa possibilidade na glândulas salivares de carrapatos fêmeas.

Células cancerígenas foram injetadas na musculatura de ratos e, em seguida, era aplicado o extrato da saliva dos carrapatos. Após três semanas o que os pesquisadores notaram foi que, comparado a outros roedores que não passaram pelo tratamento, as células tumorais estavam controladas.

Células-tronco: desenvolvidas para matar ? o câncer

?Existem mais de 400 propriedades na saliva dos carrapatos. São substâncias com vários potenciais, como anticoagulantes e anti-inflamatórios. Resolvemos então aplicar em células cancerígenas?, explicou Maria Izabel à Galileu.

Mais estudos são necessários para se saber, com certeza, qual substância presente nas glândulas salivares dos carrapatos da espécie Rhipicephalus sanguineus é responsável pela inibição especificamente.

Câncer: o que você sabe sobre a doença?

Os primeiros testes foram feitos em tumores musculares e resultaram em uma inibição de quase 70% do crescimento tumoral. Recentemente a equipe começou a estudar os efeitos da substância no fígado, pulmão e rim, e constatou que o extrato não afeta o sistema fisiológico dos indivíduos. ?Não é uma substância anticancerígena, por que não mata a célula cancerígena. Mas é uma substância capaz de conter a divisão e crescimento tumoral?, enfatiza Maria Izabel.

Planta do tabaco pode ajudar na luta contra o câncer

Confira aqui o estudo publicado em inglês.

Com informações dos portais Galileu e Hypeness.