Tentativas de fraude crescem 3,98% no e-commerce

Itens mais procurados pelos fraudadores são videogame e telefone celular, diz ClearSale

Em 2014, as tentativas de fraude no comércio eletrônico brasileiro cresceram em média 3,98%. A cada R$ 100 movimentados no e-commerce R$ 3,98 são referentes a compras ilegais.

Os dados são do Mapa de Fraude no Brasil 2014, realizado pela ClearSale, empresa especializada em soluções antifraude.

De acordo com o levantamento, a região Nordeste registrou o maior índice, 7,18%, seguido da Norte com 6,48%. O Centro-Oeste teve aumento de 4,98%, já o Sudeste obteve crescimento de 3,57%, no ano passado, e o Sul: 2,10%.

O Estado do Rio de Janeiro foi um dos poucos a apresentar decréscimo. Em 2013 o índice registrado foi de 3,64% e em 2014, o aumento foi de 3,32%. Já São Paulo, se manteve praticamente no mesmo nível, a variação foi de 3,88% para 3,89% no ano passado. O Rio Grande do Sul foi considerado o Estado mais seguro do País.

O segmento mais procurado pelos fraudadores em todas as regiões, exceto a Norte, foi relacionada a videogame (aparelhos e jogos). No Sudeste, depois dos games com 13,74%, aparecem Telefonia celular (7,09%), eletrônicos (4,89%), informática (3,74%) e artigos esportivos (2,90%).

Leia mais

Cai participação do varejo em fraudes

Fraude no e-commerce acontece mais na madrugada

Fraudes no varejo caem em fevereiro






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS