Inadimplência das empresas sobe 12,1% em abril

Segundo indicador da Serasa Experian, o aumento deve-se à dificuldade das empresas em gerar caixa

O número de empresas inadimplentes foi 12,1% maior em abril, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, segundo indicador divulgado hoje (28) pela Serasa Experian. Na comparação com março, no entanto, houve queda, de 5,8%.

Segundo a instituição, o aumento na comparação anual deve-se à dificuldade maior das empresas em gerar caixa, muito por conta do cenário econômico desanimador, que inclui juros maiores que encarem o custo financeiro para as empresas.

A queda frente a março, por sua vez, deve-se essencialmente pelo menor quantidade de dias úteis em abril.

Considerando o tipo de dívida do setor, os títulos protestados contimnuam sendo aqueles que mais pesaram para a queda mensal do índice, com variação negativa de 18%.

As dívidas não bancárias (junto aos cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica, água etc.) e os cheques sem fundos também caíram 0,5% e 7,1%, respectivamente.

No entanto, a inadimplência com os bancos apresentou alta de 2,2%.

Leia mais

Supermercados aumentam vendas em abril

Varejo reage e deve crescer 2,2% em maio

52 milhões de brasileiros possuem cartão de crédito




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS