Intenção de consumo cai 23,8% em junho

Quase metade das famílias declararam estar com o nível de consumo menor que o do ano passado

O Índice de Consumo das Famílias (ICF) registrou 91,7 pontos em junho e atinge a zona negativa (abaixo de 100 pontos). A queda foi de 23,8% na comparação com o mesmo mês de 2014 e de 4,8% em relação ao mês de anterior.

O indicador é apurado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e foi divulgado hoje (18).

De acordo com o levantamento, 49,1% das famílias declararam estar com o nível de consumo menor que o do ano passado. Em maio, esse indicador era de 46,8%.

A análise mensal mostrou que todos os indicadores relacionados ao consumo estão na zona negativa (Compra a Prazo, Nível de Consumo Atual, Perspectiva de Consumo e Momento para Duráveis). Já os itens ligados à satisfação com o emprego também apresentaram quedas, mas ainda estão acima dos 100 pontos.

O índice que registrou o menor nível foi Momento para Bens Duráveis, com queda de 7,2% na comparação mensal e de 38,4% na comparação anual. Segundo o estudo, 62,9% das famílias consideram o momento desfavorável para compra desses itens. Os altos custos do crédito e de endividamento são os principais motivados desse enfraquecimento na intenção de compra.

Leia mais

Intenção de consumo cai em SP

Intenção de consumo beira o pessimismo

Intenção de consumo continua caindo




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS